Forte e Corajoso

“Se forte e muito corajoso, e cuida de agir segundo toda a lei que Moisés, meu servo, te prescreveu. Não te desvies nem para direita nem para a esquerda, a fim de que tenhas êxito por onde quer que andes” (Js 1, 6-7).

Força e Coragem são duas palavras que precisam acompanhar todas as decisões e atitudes em nossa vida. Há pessoas que as usam para praticar o mal: assassinos, ladrões, traficantes, etc. De uma forma distorcida e enganosa usam a força e a coragem para, infelizmente, prejudicar a si e a outros, enquanto os “bons se sentem fracos e covardes”. Como diz um ditado, “o alimento da ousadia dos maus, infelizmente, é a covardia dos bons”.

È preciso mudar esta realidade. Os bons precisam assumir que são bons, que têm bondade, que concordam com aquilo que vem do Bem, ou seja, de Deus; porque o mal invadiu escolas, ruas, clubes, meios políticos, artísticos, família e até mesmo o meio religioso. “Se forte e corajoso”, é uma ordem de Deus, não apenas um convite. Deus sabe dos nossos limites, medos…

Ele sabe até onde pode nos experimentar e exigir de nós, pois, sabe do “barro” de que fomos feitos.
A força necessária que precisamos vem de Deus. Sua presença em nós, por meio de Seu Santo Espírito e da vivência dos sacramentos, em especial da Eucaristia, faz de nós homens e mulheres realmente fortes.

Você é convidado a vencer o mal por meio do bem. É convidado a ser um instrumento de mudança onde vive, alicerçado na ação de Deus para não ceder ao assédio de uma sociedade que o quer conformado com os seus próximos interesses.
Quando, por conseqüência de uma experiência com Deus, passamos a perceber, experimentar e apreciar a presença dEle em nós e nos irmãos, sentimos vontade de viver essa palavra: “Se forte e corajoso”.

Que caminho você fez até hoje? Talvez seja o momento de começar a ser corajoso e forte.

Extraido do livro “Joven, o caminho se faz caminhando”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.