Luz da Fé

Que sabor tem minha vida?

O Catecismo da Igreja Católica, nos números 512 a 515, ensina-nos que muitas coisas que interessam à curiosidade humana acerca de Jesus não figuram nos Evangelhos. Quase nada é dito sobre sua vida em Nazaré, e mesmo uma grande parte de sua vida pública não é relatada. O que foi escrito nos Evangelhos foi “para crerdes que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome” (Jo 20,31).

Assista ao programa:

Os Evangelhos foram escritos por homens que estiveram entre os primeiros a ter a fé e que queriam compartilhá-la com outros. Depois de terem conhecido, na fé, quem é Jesus, puderam ver e fazer ver os traços de Seu mistério em toda a sua vida terrestre. Desde os paninhos de sua natividade até o vinagre de Sua Paixão e o sudário de Sua Ressurreição, tudo na vida de Jesus é sinal de Seu mistério.

E se o sal perder seu sabor?

Por meio de seus gestos, de seus milagres e de suas palavras foi revelado que “nele habita, corporalmente, toda a plenitude da divindade” (Cl 2,9). Sua humanidade aparece, assim, como o “sacramento”, isto é, o sinal e o instrumento de sua divindade e da salvação que ele traz: o que havia de visível em sua vida terrestre apontava para o mistério invisível de sua filiação divina e de sua missão redentora.

Foto ilustrativa: Wesley Almeida / cancaonova.com

Diante disso, cabe a nós a seguinte pergunta: A nossa vida é sinal de quê? Afinal, para onde a nossa vida aponta?

Em Mateus 5,13-16, Jesus afirma que nós somos o sal da terra e a luz do mundo. Ora, se o sal perde seu sabor – alerta o Mestre – não servirá para mais nada. Portanto, a nossa existência precisa ter sabor e ser luz! E isso somente é possível quando nos firmamos em Deus e decidimos ser um sinal eficaz da presença de Cristo entre os homens.

Veja mais:
.: “Ah, se eu tivesse Maria…”
.: Uma corda para o céu!
.: A bênção que você precisa

Decida-se por compartilhar sua fé em Jesus Cristo com aqueles que Ele mesmo colocou ao seu lado.

Um forte abraço!


Alexandre Oliveira

Membro da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Alexandre é natural da cidade de Santos (SP). Casado, ele é pai de dois filhos. O missionário também é pregador, apresentador e produtor de conteúdo no canal ‘Formação’ do Portal Canção Nova.

comentários