Ato de crer

Como manter os olhos fixos em Jesus?

Neste mundo, todos nós estamos sujeitos ao sofrimento. Tanto os pagãos como os cristãos são, em todos os momentos, visitados pelas intempéries da vida, ninguém está isento. A grande diferença é como cada um responde a esses desafios cotidianos. Entretanto, manter-se em Jesus é algo que nos desafia.

Nenhum de nós pode dizer como vai reagir a cada tragédia ou acidente, as respostas vêm no momento, até porque não adivinhamos quando a dificuldade baterá à nossa porta. Como será que você vai reagir se descobrir que está com uma doença terminal? Ou como será sua resposta diante da morte de seus pais? Ninguém pode dizer sobre isso, porém, ora ou outra as fatalidades acontecem.

Como manter os olhos fixos em Jesus

Foto Ilustrativa: by Getty Images / LordRunar

Agarre-se em Jesus!

Nessas horas, é preciso agarrar-se firmemente em Jesus e clamar pelo Seu socorro e Sua força para continuar. Agarrar-se em Jesus não quer dizer que pediremos e Ele irá resolver todos os nossos problemas, e sim que Ele nos dará forças para superá-los. Essa superação acontece por meio da fé que, primeiramente, é dom de Deus e, por isso, é graça, assim, nós pedimos e recebemos.

O ato de crer, além de dom divino, está vinculado à memória. É como fazer um esforço para recordar das coisas boas que Deus fez, das vitórias que Ele nos deu e, desse modo, acreditar que Ele continuará nos dando. É ter boas lembranças para ser impulsionado a esperar um bom futuro. “Se Deus me ajudou naquilo, Ele me ajudará nisso”.

Leia mais:
.: Oração é relacionamento
.: Como recomeçar um caminho de santidade?
.: Sozinho não é possível alcançar o céu!
.: Faça o exercício de ver além das barreiras. Você já fez? 

A exemplo disso, o próprio São Paulo pregou na sinagoga fazendo memória das obras de Deus, a fim de suscitar a naquele povo (veja em Atos 13,14-43). Além dele, tantos outros profetas, a todo tempo, diziam do passado para que o povo fosse fiel no presente em que vivia.

Portanto, fazer memória e pedir a graça de Deus é o que nos dará fé para continuar. Em comparação com o jargão popular que diz “recordar é viver”, nós, cristãos, podemos dizer que “recordar é permanecer”. Recorde das coisas boas que Deus fez em você, daquilo que Ele fez na vida do povo de Israel, nas promessas que Ele nos deixou: “Eis que estou convosco todos os dias” (Mt 28,20).

banner espiritualidade


Rafael Vitto

Rafael Vitto, natural da cidade de Cuiabá (MT), é membro da Comunidade Canção Nova desde 2015. Hoje, ele é seminarista e estudante da curso de Filosofia na Faculdade Canção Nova.

comentários