Viver bem...

Servir ao Deus da Vida significa acreditar sempre na existência do amor, do perdão, da alegria, de partilhar, de crescer, acreditar no meu irmão, até mesmo fechar os olhos para alguns dos seus erros.

Viver da melhor maneira, aproveitando cada instante, cada situação, cada momento da melhor forma. Pois somos filhos do Deus da Vida! Na alegria de sorrir, chorar, sofrer, tomar um sorvete de creme com calda de chocolate, fazer um novo amigo, ir ao cinema, rir alto, brigar e fazer as pazes, tomar banho de chuva, admirar-se ao ver uma borboleta, uma flor, o orvalho deixado pela noite que passou… tudo faz parte da vida e é vida, desde que a intensidade e a qualidade estejam presentes em cada um desses momentos.

Não temos o direito de viver de qualquer jeito, pois a vida é o que recebemos de mais precioso. Às vezes “empurramos a vida com a barriga”, desperdiçamos situações simples, mas cheias de vida de amor, de significado que poderiam nos fazer melhores, nos fazer crescer.

Às vezes, temos um domingo lindo, cheio de sol de cor nos esperando do lado de fora e insistimos em ficar dentro de casa, trancados entre quatro paredes, sentados no sofá, nos contentando com o branco das paredes e o colorido da TV. Mas o que Deus reservou lá fora é bem melhor do que tudo isso!

Os dias, os meses, os anos têm passado tão depressa que cada segundo perdido é como mil anos. Portanto, viver bem, “curtir a vida”, com tudo o que há de bom e que o Deus da Vida criou para nós: as praias, os bosques, os rios, a Chapada, o Pão de Açúcar, o Jardim Botânico, as Igrejas, o Parque do Ibirapuera, as pracinhas, as lanchonetes, pizzarias, cinemas… Aproveitar bem tudo isso é uma grande forma de louvá-lo e agradá-lo.

Por isso não perca mais tempo, viva, divirta-se, reze, conheça pessoas, ame, seja amado, aproveite tudo o que nos foi dado por Deus.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.