Aprendizado

Por que devemos escolher confiar e esperar?

Assista ao vídeo do padre Anderson Marçal sobre a importância de confiar e esperar

Confiar, verbo difícil de declinar nos nossos tempos, principalmente em um tempo de grande crise de referências, de autoridades e líderes. Confiar fica cada vez mais difícil em tempos de relacionamentos virtuais, de redes sociais e pseudopersonagens.

Confiar, ação concreta de alguém que não espera algo, mas dá sempre uma chance, pois reconhece que o ser humano não é apenas aquilo que faz, mas pode sempre fazer diferente e melhor. Confiar é acreditar na pessoa humana, por mais desfigurada que ela possa estar ou por mais que as marcas da sua história possam ser sujas e devastadoras.

Exemplos que geram confiança

Eu aprendi a confiar vendo o exemplo do meu pai, no seu jeito de ser com os outros e, principalmente, na sua presença na minha vida. Frases marcantes na minha história como “confie em mim”; “estou com você”; “vamos, está quase chegando!”; “eu estou aqui com você” e tantas outras que ouvi, durante a minha vida, fizeram-me não apenas confiar nele, mas também dar aos outros uma nova chance, mesmo quando, humanamente, não vejo outra saída. Mas essa confiança tem ainda uma relevância muito maior na nossa vida, nos nossos tempos: a nossa confiança em Deus, pois n’Ele nós podemos confiar.

Confiar sempre na misericórdia de Deus

Se confiar em Deus é dar sempre uma nova chance para Ele, confiar nos outros é também não guardar rancor ou mágoa de ninguém, dando sempre uma nova chance, principalmente quando somos traídos, abandonados, decepcionados. Sendo assim, confiar é fonte de cura de traumas, de situações não resolvidas. Confiar, muito mais que esperar algo, é acreditar que podemos dar uma chance ao outro, mesmo quando este não a mereça.

Tanto o esperar quanto o confiar são sempre uma escolha. Quem escolhe deve também assumir os riscos e as consequências da escolha, da frustração ou da satisfação. Ninguém é detentor de uma bola de cristal que desvenda o futuro, mas podemos saber em quem esperar e, assim, escolher esperar. Escolher sempre acarreta esperar um resultado.

Leia mais:
.: O ato de confiar está diretamente ligado ao perdão
.: Posso confiar em que eu não conheço?
.: Responsabilidade social: entenda o poder de suas escolhas
.: Escolhas: consequências e seus impactos em nossa vida

Deixo aqui três perguntas para meditação:

1 – Em quem podemos aprender a confiar?
2 – Quais fatos da nossa vida nos levam a confiar?
3 – Somos para os outros pessoas confiáveis ou não?

 


padre Anderson Marçal

Anderson Marçal Moreira é padre da Igreja Católica Apostólica Romana. Natural da cidade de São Paulo (SP), padre Anderson é membro da comunidade Canção Nova desde o ano 2000. No dia 16 de dezembro de 2007, foi ordenado sacerdote. Estudou Teologia Pastoral Bíblica-Litúrgica na Universidade Salesiana de Roma.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.