DESAFIO

Posso confiar em quem não conheço?

Confiar em quem não se conhece é um desafio possível de viver

Eu estava viajando de férias, sozinha e com várias malas. Precisava ir ao banheiro, mas como ele tinha catraca na entrada, não consegui entrar com a bagagem. O tempo que tinha disponível para resolver o problema era curto. Sem ver outra opção, pedi a uma senhora desconhecida que “desse uma olhada” nas malas, garantindo-lhe apenas que seria breve. Quando já estava no banheiro, senti um estranho temor, acompanhado do pensamento: “E se aquela senhora fugir com a bagagem? Como eu pude confiar em alguém que não conheço?” Então, comecei a me lembrar rapidamente dos pertences que trazia nas malas e o pavor foi aumentando cada vez mais. Até que, impulsionada pela fé, exclamei: “Minha confiança está no Senhor!”. Continuei falando com Jesus, dizendo-Lhe que não confiava simplesmente naquela mulher, mas confiava n’Ele, e pedi que Ele mesmo guardasse, por intermédio dela, minha bagagem. O fato é que quanto mais ia rezando, tanto mais aquele sentimento de medo e insegurança, que antes quase me dominava, foi dando lugar à paz e à serenidade.

Quando voltei ao local onde havia deixado as malas, encontrei a distinta senhora sorridente e acolhedora, tranquila à minha espera. Olhei bem nos seus olhos e lhe agradeci pelo favor. Seu rosto parecia iluminado. Não tenho dúvidas de que Jesus estava me acolhendo e ajudando por meio dela.

Posso-confiar-em-que-não-conheçoFoto: Arquivo CN

Foi tudo muito rápido! Entrei no próximo ônibus e continuei a viagem pensando na experiência que Deus me permitiu viver naquela tarde. Aliás, até hoje lembro-me disso e não quero esquecer. É por isso que escrevo sobre o fato, pois diz a sabedoria popular que “as palavras escritas permanecem e os testemunhos arrastam””.

Leia mais:

:: Os perigos da autoconfiança excessiva no trabalho
:: O que os noivos precisam saber antes de se casarem?
:: Votos íntimos: qual voz quero seguir?

Compreendi, com aquela situação, que posso confiar sempre na ação de Deus. Mesmo quando, por uma razão ou outra, não tenha agido como deveria. Ele, que é rico em misericórdia, vem em auxílio da minha fraqueza. Acredito que o segredo é colocar a confiança sempre no Deus que age por meio das pessoas e não simplesmente nelas, na sua humanidade. Monsenhor Jonas Abib é um ótimo exemplo de quem age assim, pois ele confia no Deus que age por intermédio de nós e nos envia em missão.

Agora, quando analiso a situação pela qual passei, percebo que até fui um tanto imprudente, considerando o local onde estava, mas não duvido de que o Senhor me permitiu viver o acontecido para fortalecer minha fé. Acredito que Deus se interessa por nossa maturidade na fé e nos proporciona constantes oportunidades para darmos passos nesse sentido. Porém, o que nos impede de avançarmos e crescermos espiritualmente, muitas vezes, é o fato de nos deixarmos levar somente pela razão, pelo medo e por outras condições naturais, ignorando o mundo espiritual. No entanto, se somos cristãos, não podemos continuar agindo assim, precisamos considerar que um mundo espiritual nos cerca.

Podemos recorrer ao auxílio divino sempre que necessário e onde quer que estejamos, até no banheiro, por que não? O Senhor nos sonda, como lembra o salmista: “”Senhor, sabeis tudo de mim, quando me sento ou me levanto. De longe penetrais meus pensamentos […]. Vós me cercais por trás e pela frente, e estendeis sobre mim a vossa mão”” (Sl 138), e está disposto a nos ajudar. N’Ele, sim, podemos confiar seguramente!

Quando o temor bater à sua porta querendo lhe tirar a paz, fale para Jesus que sua confiança está n’Ele, peça Seu socorro e experimente a alegria de encontrá-Lo em cada pessoa que Ele, em Sua bondade, permitir que o ajude.

Ponho minha esperança no Senhor, minha alma tem confiança em sua palavra” (Sl 129).

Digamos, juntos, muitas vezes, neste dia: “Jesus, eu confio em Vós!”

Até o próximo encontro!


Dijanira Silva

Missionária da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Djanira reside na missão de São Paulo, onde atua nos meios de comunicação. Diariamente, apresenta programas na Rádio América CN. Às terças-feiras, está à frente do programa “De mãos unidas”, que apresenta às 21h30 na TV Canção Nova. É colunista desde 2000. Recentemente, a missionária lançou o livro “Por onde andam seus sonhos? Descubra e volte a sonhar” pela Editora Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.