Reflexão

Luz da Fé: Deus é mais do que eu

Deus, que cuida de nós, ama-nos e é grande

Neste programa “Luz da Fé”, quero refletir com você sobre os números 42 e 43 do Catecismo da Igreja Católica, os quais ensinam o seguinte:

Foto ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

42. Deus transcende a toda criatura. Por isso, é preciso, incessantemente, purificar nossa linguagem daquilo que ela possui de limitado, de proveniente da pura imaginação, de imperfeito, para não confundirmos o Deus “inefável, incompreensível, invisível, inatingível” 16 com as nossas representações humanas. Nossas palavras humanas permanecem sempre aquém do mistério de Deus.

43. Assim falando de Deus, nossa linguagem se expressa, sem dúvida, de maneira humana, mas ela atinge realmente o próprio Deus, ainda que sem poder exprimi-lo em sua infinita simplicidade. Com efeito, é preciso lembrar que “entre o Criador e a criatura não se pode notar uma semelhança, sem que se deva notar entre eles uma ainda maior dessemelhança” 17, e que “não podemos apreender de Deus o que ele é, mas apenas o que ele não é e de que maneira os outros seres se situam em relação a ele” 18.

Deus é mais!

Diácono Nelsinho Corrêa compôs uma canção intitulada “Deus é mais”. Muitos se recordam dessa belíssima canção, que, durante muito tempo, cantamos nos nossos eventos de evangelização na Canção Nova. A letra dessa música diz que “Deus é mais que eu”, “Deus é mais forte que minha fraqueza”, “Deus é mais santo que minha impureza” e assim por diante. Enfim, a canção ensina que Deus é mais. Ele é mais do que tudo.

É exatamente isso que o Catecismo da Igreja ensina ao afirmar que Deus transcende a toda criatura. Deus é grande!

Diante disso, convido você a louvar o Senhor. Somos pequenos, limitados, mas Deus não! O Deus que cuida de nós e nos ama é grande! O Deus que nos protege é grande.

O Catecismo da Igreja também nos ensina que “nossas palavras humanas permanecem sempre aquém do mistério de Deus”. Na Teologia, quando se fala em “mistério de Deus”, não significa somente aquilo que “não dá para se explicar”, mas também aquilo que não se esgota. Portanto, Deus é essa fonte inesgotável de grandeza, beleza e santidade.

Você quer experimentar a grandeza de Deus em sua vida? Então, aproxime-se d’Ele! Adore-O! Pois só Deus é grande. Nessa tribulação, nessa prova, nessa enfermidade que você enfrenta hoje, proclame com fé: “Deus é grande!”, pois o Catecismo da Igreja Católica lhe dá essa certeza ao ensinar que Deus transcende a toda criatura. Ele está acima de todos nós.

Esse Deus que está acima de nós tem olhado para cada filho d’Ele com muito amor. Ele tem cuidado de nós!

Nessa certeza, podemos, ao longo de toda essa semana, louvar e bendizer a Deus pela sua grandeza. Na dificuldade que você vive hoje, diga com fé: Deus é mais!

Leia mais:
.: Luz da Fé: Para onde minha alma me leva?
.: Luz da fé: Deus é belo
.: Luz da Fé: Como buscar a Deus

O imperador que queria ser deus

Termino contando esse fato: o Imperador Romano Adriano, no século II, já havia conquistado tudo. Roma se encontrava no ápice. Diante de um império tão consolidado, o imperador ordenou a seus súditos que o proclamassem deus. Então, um de seus ministros disse ao imperador: “Já que o senhor é deus, trago-lhe esse pequeno problema: uma embarcação minha, com todos meus pertences e riquezas, encontra-se à deriva em alto-mar. O senhor poderia trazê-la até o continente?”

O imperador respondeu: “Mas é claro! Agora mesmo ordenarei que uma embarcação vá ao encontro do seu navio”.

“Não! Por favor, não se incomode com isso”. Interrompeu o ministro e prosseguiu: “Como o senhor é deus, basta que envie um vento que sopre sobre minha embarcação e ela virá até aqui. Não é mesmo?”

O imperador ficou profundamente aborrecido com essas palavras.

Se tem alguém que fica por aí se “endeusando”, saiba que essa pessoa não está com nada! Só Deus é grande!

Um forte abraço!

Alexandre Oliveira
Missionário da Comunidade Canção Nova

(16) Liturgia de S. João Crisóstomo, Anáfora

(17) Conc. Lateranense IV: DS 806

(18) Sto. Tomás de Aquino, S. c. gent. I,30

Assista ao programa:


Alexandre Oliveira

Membro da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Alexandre é natural da cidade de Santos (SP). Casado, ele é pai de dois filhos. O missionário também é pregador, apresentador e produtor de conteúdo no canal ‘Formação’ do Portal Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.