e o visto?

Qual é o passaporte para chegar ao céu?

Para chegar ao céu não basta apenas ter passaporte

Para chegar ao céu precisamos de um passaporte e depois de um visto. O passaporte é o documento para entrar e sair de países, e o passaporte para entrar no céu é acreditar na misericórdia de Deus. Muita gente não acredita no amor d’Ele, que é exagerado e vai além do nosso entendimento.

Qual é o passaporte para chegar ao céu?

Foto ilustrativa: Chalabala by Getty Images

Uma história diz que um homem muito bom chegou ao céu. Ele era um homem de devoção, que tocava no coro da igreja. Por isso, quando ele bateu à porta, já tinha a certeza de que iria para o céu, então, São Pedro lhe disse: “Vamos ver se você, com seus pontos, entra no céu”. E aí o jovem disse tudo aquilo que havia feito na Terra que o fez acumular pontos: “Eu ia à Santa Missa todos os domingos, pagava os impostos, lia a Palavra de Deus semanalmente, cantava no coro, fazia caridade”. Com tudo que disse, ele completou 14 pontos, mas, para entrar no céu, ele precisava de 1.000 pontos. Então, ele afirmou: “Vou precisar da misericórdia de Deus”. Imediatamente, São Pedro disse que ele já havia alcançado os 1.000 pontos, pois ele se reconheceu necessitado da misericórdia divina.

Não temos pontos para nos salvar, mas a misericórdia de Deus nos salva. Acredite em Jesus como sinal do amor de Deus. No Antigo Testamento se as pessoas cumprissem a lei seriam salvas, mas se não a cumprissem, não eram salvas. No Novo Testamento, para ser salvo é preciso acreditar em Cristo, que é a prova do amor de Deus.

Para chegar ao céu, no entanto, não basta apenas ter passaporte, é preciso ter visto, e para ter o visto é preciso responder duas perguntas: “Você foi feliz na Terra? Você fez feliz alguém na terra? Ao menos uma pessoa?”.

Para entrar no céu é simples, só depende de você. Quem você faz feliz? Quem sorri com a sua presença?

Imagine-se adentrando no Céu e São Pedro lhe perguntando: “Você tem passaporte? Tem visto?”. É proibido estar triste, podemos sofrer, mas é preciso ser feliz mesmo assim. O sinal do cristão não é a tristeza, mas a esperança em meio à provação. Não podemos levar o peso da cruz, mas o poder da cruz.

Ainda é tempo de conseguir o “passaporte” e o “visto” para o céu, aproveite o tempo e os adquira-os sendo feliz neste tempo.

Prado Flores

comentários