misericórdia

Oração dos encarcerados

Deus, Pai de Amor e Misericórdia,
que nos presenteou com o dom da vida,
para que pudéssemos ser, no mundo,
sinais de Sua ternura e bondade,
acolhei, hoje, meu coração arrependido
e meu desejo ser uma nova pessoa em Teu amor.
Busquei caminhos errados e me perdi nas ilusões,
mas quero, hoje e sempre, caminhar na Tua luz.

Cristo Senhor, Mestre da Vida e Rei do Universo,
que passastes pelo mundo fazendo o bem,
ensinai-me a caminhar contigo,
e afastai-me dos caminhos do erro.

Peço perdão por todos os meus atos
que prejudicaram tantas pessoas e famílias.
Quero ser fiel ao Teu chamado
de ser, no mundo, presença de misericórdia e amor.

Espírito Santo, Consolador dos corações aflitos,
conduzi-me nos bons propósitos,
concedei-me a paz que acalma a alma.
Livrai-me dos desejos de vingança, ódio e rancor,
para que, livre de todas as forças do mal,
eu seja renovado em Teu amor.

Amém!

Leia mais:
::Isolamento social é um ato de amor
::Como manter a saúde em tempos de quarentena?
::Acompanhe celebrações da Santa Missa!
::Playlists para você maratonar
::Solidariedade, único remédio para transformar cenários tristes
::Oração do Escudo do Sagrado Coração contra pandemias e epidemias


Padre Flávio Sobreiro

Bacharel em Filosofia pela PUCCAMP e Teólogo pela Faculdade Católica de Pouso Alegre (MG), padre Flávio Sobreiro é pároco da Paróquia São José, em Toledo (MG), e padre da Arquidiocese de Pouso Alegre (MG). É autor do livro “Amor Sem Fronteiras” e “Felicidade sem Segredos”, ambos pela Editora Canção Nova, além disso, desde 2011,  é colunista do Portal Canção Nova. Para saber mais sobre o sacerdote e acompanhar outras reflexões, acesse: @peflaviosobreirodacosta.

comentários