Um amigo no Céu

Padre Pio, homem segundo coração de Deus, que me fascinou pelo exemplo de fidelidade, santidade e intimidade com o Senhor. Um grande místico de nosso século. Morreu dia 23 de setembro de 1968. Viveu 50 anos com os estigmas, os quais lhes causaram grandes sofrimentos. As suas chagas exalavam um agradável perfume de flores. Ministro sagrado, apaixonado pelo sacerdócio que dedicava a sua vida pela salvação das almas pelo sacramento da confissão. Recebeu dons extraordinários, como o de bilocação, que consiste estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Conheci a vida do Padre Pio no ano de 2000, mas já o amava, pois minha madre tem profunda devoção para com ele e já recebeu grandes graças por seu intermédio. Hoje falo com muita gratidão que tenho um amigo especial no céu: ‘Padre Pio, sua intercessão em minha vida é constante’. O Pe. Raniero Catalamessa fala também da verdadeira amizade espiritual entre nós e os santos, em especial o Padre Pio, com uma exortação, para não cairmos no erro: ‘Que dizer, então da devoção afetuosa à pessoa de Padre Pio, não só na Itália, mas no mundo inteiro? Alguns, é verdade, detém-se numa forma muito terrena e utilitarista, penetrando, as vezes, na superstição, a maior parte fazem-no com sentimentos mistos, um pouco pela alma e um pouco pelo corpo; finalmente, alguém que percorra o seu próprio caminho de sofrimento interior e de penitência terá em Padre Pio, um companheiro, um amigo, uma luz incomparável’.

Gosto de escrever e num certo dia precisava fazer uma mensagem para uma ordenação sacerdotal. Estava sem inspiração, abri a Bíblia e encontrei um santinho do Padre Pio e olhando para ele falei: ‘Padre Pio, me ajude. Você sabe do meu amor pelos ministros sagrados’. E confiantemente peguei a caneta e comecei a escrever palavras que nunca havia pensado. A partir deste momento, ele começou a me auxiliar nos meus escritos. O que mais me chamou a atenção na vida deste santo foi a santidade de vida e tudo o que sofreu por amor a Deus. A vida de Padre Pio despertou em minha pobre alma um grande desejo de ser santa. Que a intercessão dele suscite também em seu coração este mesmo desejo que também é o desejo de Deus: ‘Sede santos porque eu sou Santo’ – Lv 11, 44 ‘Padre Pio é um daqueles homens extraordinários que Deus envia de vez em quando à terra para converter os homens‘. – Papa Bento XV.

Peça a intercessão de Padre Pio, ele vai interceder por você independente de sua necessidade. ‘Padre Pio, que na generosa participação dos sofrimentos de Cristo, tanto o amou e tanto se entregou pela glória do Pai e para o bem das almas peço-te que intercedas para (faça o seu pedido), se isto for para a maior glória de Deus e para minha santificação. Amém.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.