São Martinho de Tours

‘Guardai-vos de praticar a vossa justiça diante dos homens para serdes vistos por eles ‘ (Mt 6, 1a)

Nascido da Sabaria, na Panômia, em 315, este santo morreu em Candes, próximo de Tours, no ano de 397. Filho de um soldado, foi criado na Itália, em Pavia.

Era oficial em Amiens quando começou a fazer do bem sua missão de vida, doando seu agasalho para uma pessoa pobre que vivia a pedir esmola. Diz a história que ele reconheceu Cristo naquele homem nu que vivia como um pedinte e por isto entregou-lhe a partir daquele momento também sua vida.

Em 339, pediu seu desligamento do exército afirmando ser um soldado de Cristo e, portanto, não lhe sendo permitido guerrear. Como era acusado de covardia, decidiu oferecer-se para compor a linha de frente nas batalhas, porém totalmente desarmado. Contudo, acabou sendo dispensado do serviço militar e pode ir viver na Itália e na Dalmácia, antes de se retirar para uma vida de reclusão e fé.

Foi morar em uma ilha na costa da Ligúria. Em 360 tornou-se um dos clérigos de Santo Hilário, em Poitiers. Fundou uma comunidade eremítica em Ligugé, que seria o primeiro mosteiro da Gália. Por volta de 370 foi nomeado bispo de Tours e passou a viver solitariamente em Marmoutier.

Missionário ativo, foi também um milagreiro, tendo realizado gestos espetaculares durante toda sua vida. Foi um dos primeiros santos não martirizados a ganhar notoriedade entre o povo. Possuía muitos devotos na Irlanda, África e no Oriente. Na Inglaterra são muito famosas as igrejas construídas em Cantebury, a mais antiga, e a Saint Martin-in-the-Fields, em Londres.

Oração

Ó Deus, que aos vossos pastores associastes São Martinho de Tours, animado de ardente caridade e da fé que vence o mundo, daí-nos, por sua intercessão, perseverar na caridade e na fé, para participarmos de sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.