Sabas, homem de oração e de Deus

Sabas nasceu na Capadócia em 440, teve uma difícil infância pois os pais morreram cedo e foi preciso ser cuidado pelo tio autoritário.

Quando jovem fez sua primeira experiência na vida monástica e mais tarde entrou no mosteiro dirigido por Santo Eutímio, e lá tornou-se exemplo de monge e virtudes monásticas.

Sabas passou pelas diversas fases da vida consagrada: vida eremita (total solidão), vida cenobita (celas vizinhas dos irmãos consagrados) e vida monástica, onde há vida comunitária sob o governo de um Abade. A santidade de Sabas arrastou muitos para Deus e inúmeros jovens, para o convento, tendo assim que construir na Palestina novos mosteiros.

Organizado e sábio, mestre e santo, Sabas por duas vezes livrou os Católicos de opressões políticas, já que possuía grande influência social. Esta homem de oração e de Deus; São Sebas, com 93 anos morreu com a merecida fama de defensor da fé pura e verdadeira.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.