S.O.S família

Viver é encarar desafios em todas as áreas de nossas vidas e sair deles transformados e mais maduros. Os desafios constroem-nos como pessoas, quando enfrentados e vencidos, no entanto, para que isso ocorra, é necessária a presença da família.

Família é junto. É comunidade. É o meio mais natural de aprendermos a amar, compartilhar, doar, perdoar. Sem ela, os fracassos são freqüentes, pois ao sentirmo-nos sozinhos, desanimados, deixamo-nos vencer pelo cansaço. Ser família é maravilhoso. Poucos o são!

O lar é nosso pronto-socorro. A família é a enfermeira, Deus, o médico. Ao chegarmos lá, somos submetidos a uma cirurgia de amor para sermos curados das feridas que os desafios nos causaram. Nossos pais passam azeite em nossos machucados. O azeite do Espírito Santo que, eternamente, acalenta nosso coração e, imediatamente, somos cumulados de paz! É tão bom que, ao viajarmos, ficamos ansiosos para retornar ao aconchego do nosso lar. É a base do ser humano, sendo assim, não pode nunca estar desmantelada, ou os desafios serão derrotas.

Contudo, há uma batalha espiritual pelos ares e a sintonia entre homens e mulheres que se casam é algo que muitas vezes deixa de existir após os primeiros anos de vida conjugal. Pelo desgaste causado no dia-a-dia, pelo excesso de atividades, ou mesmo pela monotonia, casais se agridem, brigam, discutem, freqüentemente por tolices, estragando um relacionamento que poderia ser santo, e desmantelando suas famílias.

A vida conjugal enfrenta riscos e decepções, misturados ao amor profundo dos cônjuges, mas sem que Jesus seja o centro do lar, eles não conseguem enfrentar juntos e de maneira correta, as batalhas diárias.

O casal tem fundamental importância na formação da sociedade e no coração de Deus. Mas como manter um relacionamento sólido, com tantas diferenças, infidelidades e um contínuo combate espiritual? Como resgatar o primeiro amor?

Retomar alguns passos iniciais, o diálogo e, principalmente, ter humildade para se reconhecer incapaz, é um passo importante. Só Jesus, pode dar vida nova e novo relacionamento conjugal, só ele pode quebrar as amarras do inimigo e expulsar o Asmodeu de dentro de um lar, só Jesus, que nos conhece por completo, que nos sonda, nos ama, que é filho, que é irmão, mas também é Pai, pode fazer os casais encontrarem a saída para suas dificuldades, permanecendo fiéis ao chamado matrimonial e à missão que Deus lhes confiou.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.