Quero amor e não sacrifícios

Para entendermos esta passagem ‘ Quero amor e não sacrifícios’ (Os 6,6), ofereço um texto do Diário de Santa Faustina: ‘o amor não consiste em palavras, nem em sentimentos, mas em atos‘ (D. 392).

Deus, de fato, sempre enviava profetas ao seu povo, para exortá-lo à conversão, à necessidade de mudar de comportamento, pois inúmeras vezes ele se desviava do caminho do Senhor. Por isso, oferecia numerosos sacrifícios no templo, correndo o risco de sua prática religiosa ficar apenas uma coisa externa, um rito a ser cumprido, mas sem a mudança necessária no coração. É diante desta realidade que Deus, por meio do profeta Oséias, diz a seu povo: Quero amor e não sacrifícios. Quero que vocês se aproximem de mim por amor, que vocês mudem o vosso coração por amor, que vocês mudem de vida por amor, que observem os meus mandamentos por amor. Por favor, deixem de palavras, deixem de sentimentos, mas provem pela vossa vida, que vocês me amam. Isto é o que conta: o amor que vocês me têm.

Esta palavra também é um convite sério que Jesus faz a mim e a você para mudarmos. Mudarmos de vida por amor a ele, mudarmos de comportamento por amor a ele, mudarmos de mentalidade por amor a ele. Sempre por amor, pois é o amor que dá sentido a cada uma das nossas ações.

Penso no filho e no marido que dizem à esposa e à mãe: Eu te amo, você é a pessoa mais importante das nossas vidas, mas na hora de dividir as tarefas de casa, de lavar uma louça, arrumar uma cama, varrer uma casa não demonstra por atos aquilo que diz com a boca. Ora, não adianta amar apenas por palavras, é preciso amar por atos, pois o Senhor quer de mim e de você que demonstremos por atos aquilo que dizemos com as nossas palavras. Peço a Jesus que te conceda a graça de passar das palavras às ações. Deus te abençoe!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.