O Pensamento de Clara

‘Não perca de vista seu ponto de partida, conserve o que você tem, faça o que está fazendo e não o deixe mas, em rápida corrida, com passo ligeiro e pé seguro, de modo que seus passos nem recolham a poeira, confiante e alegre, avance com cuidado pelo caminho da bem-aventurança. Não confie em ninguém nem consinta em nada que queira afastá-la desse propósito, que seja tropeço para o cumprimento de seus votos ao Altíssimo na perfeição em que o Espírito do Senhor a chamou.’ (Na Segunda Carta a Inês de Praga, 11-14)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.