O mundo espera pela CN

Para aqueles que não sabem, neste mês de fevereiro a Comunidade Canção Nova está completando seus 24 anos de existência. Foi exatamente no dia 02/02/78 que Pe. Jonas Abib, com um grupo de mais onze pessoas, começava a viver em comunidade. Éramos na maioria jovens, moças e rapazes, acostumados à escuta da Palavra de Deus, com um profundo ardor missionário e um grande desejo de santidade.

Não tenho nenhuma dúvida em dizer que alimentávamos da Palavra para sermos “servos da Palavra” no trabalho da Evangelização. Tive a grande graça de fazer parte deste primeiro e pequeno núcleo da comunidade, nascida do sopro do Divino Espírito Santo, hoje conhecida como: o Sistema Canção Nova de Comunicação.

A Canção Nova, no decorrer desses anos, nada mais fez do que ser obediente aos apelos da Igreja. Nascida da exortação apostólica Evangelli Nuntiandi do Papa Paulo VI, que nos lançou corajosamente na grande aventura da fé, a anunciarmos a Boa Nova do Reino através dos meios modernos de Comunicação Social. Hoje, na pessoa de João Paulo II que nos conclama: “Ao longo desses anos, muitas vezes repeti o apelo à nova evangelização, e faço-o agora uma vez mais para incultar sobretudo que é preciso reacender em nós o zelo das origens, deixando-nos invadir pelo ardor da pregação apostólica que se seguiu ao Pentecostes. Devemos reviver em nós o sentimento ardente de Paulo que o levava a exclamar: “Ai de mim se não Evangelizar”(I Cr 9,16). Quem verdadeiramente encontrou Cristo, não pode guardá-lo para si; tem de O anunciar. É preciso um novo ímpeto apostólico, vivido como compromisso diário das comunidades e grupos cristãos”. (Novo Millennio Ineunte)

Olhando para trás, no que até hoje semeamos, conscientes dos desafios que nos esperam com a palavra do Santo Padre, me veio o desejo de somar as horas e os minutos que até agora estivemos no ar, com a nossa missão de Evangelizar, desde a aquisição da Rádio do Senhor, em 1980; depois a TV, 1989 e pela Internet, desde 1997. Somados, partilho:

Rádio: 192.720 horas; 9.763.200 minutos.
TV: 105.120 horas; 6.357.200 minutos.
Internet: 26.280 horas; 1.576.800 minutos.
Total em horas evangelizadas: 324.120 horas; 17.697.200 minutos.

Sem contar com o DAVI Departamento de Áudio Visuais, com mais de 5000 cassetes e vídeos, Cds, LPs, livros, camisetas e outros… Com isto, concluo com uma pequena história: “um escritor caminhava por uma praia quando avistou alguém que, em forma de dança, pegava estrelas do mar, uma a uma, e as jogava de volta nas águas. Curioso, fez uma pergunta: Por que fazes isso? O homem respondeu: Estou jogando estrelas de volta ao mar.

O escritor, equivocado, continua: mas como, com milhares de estrelas, e você querendo salvar algumas? O homem, em silêncio abaixou-se tomando uma estrela nas mãos e, com mão forte, jogou-a no mar dizendo: Para esta fez diferença! O escritor ficou tão impressionado que não dormiu naquela noite… No dia seguinte estava ali, com aquele homem, jogando estrelas no mar. Já não era apenas um, mas dois… E sabe quantos se uniriam a esta grande tarefa! Uma visão sem ação é apenas um sonho, uma ação sem visão é apenas um passatempo, mas uma visão com ação… pode mudar o mundo!

Mais do que salvar estrelas do mar, há milhares de irmãos esperando por nós… Como consagrados, na missão de evangelizar, queremos ser incansáveis, porque a Igreja nos ensina que basta começar, porque Jesus, como o primeiro, nos dá a lição: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura” (Mc 16,15).

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.