Missão: graça e necessidade

“Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16,15).

Estamos em missão! Ao iniciarmos este mês dedicado às missões, todos somos convidados a renovar – diante do Senhor – o compromisso e o desejo de sermos “colaboradores” d’Ele no anúncio e no testemunho das maravilhas que Ele fez e faz em nossas vidas. O que Jesus disse no passado, Ele continua dizendo no presente: “Vós sereis minhas testemunhas” (Atos 1,8).

Quando uma pessoa recebe o Sacramento do Batismo, recebe também a marca indelével da missão. A vocação missionária “nasce” com a graça do batismo e, com ele, nós nascemos para a família de Deus e passamos a pertencer a Ele. E esta pertença já é um convite e um envio à missão.

Com o passar do tempo, a Santa Mãe Igreja vai cuidando carinhosamente da vocação missionária de seus filhos e filhas batizados.  Como uma mãe, por meio dos sacramentos, ela confirma a missão de todos os batizados. Isso se dá, sobretudo, pela Eucaristia, e esta é a grande escola da missão. Em cada Santa Missa, a gente ouve solenemente o chamado do Senhor: “Vinde e vede” (João 1,39) e, ao mesmo tempo, o envio que Ele mesmo nos faz: “Ide e anunciai!”  Mais do que nunca, o mundo necessita do anúncio da Boa Nova. Mais do que nunca a missão é necessária!

Uma das coisas mais bonitas, – que Jesus nos deixou –, é a possibilidade de todos serem colaboradores d’Ele. Cada pessoa pode ser um “enviado” em nome do Senhor. Nos mais diversos lugares por onde passamos sempre haverá a possibilidade do anúncio. Com as mais diversas e diferentes pessoas com as quais nos encontramos, no nosso dia-a-dia, sempre haverá alguém precisando de um conforto.


O chamado e o envio do Senhor precisam despertar em nós uma santa ousadia, ou seja, a coragem e a confiança de assumirmos a missão e de a fazermos incansavelmente: em todos os lugares e diante de todas as pessoas, sem medo e sem nenhuma timidez. Pois, uma coisa é certa: não nos faltará serviço. “A messe é grande” (Mateus 9,37). Com criatividade e alegria, vamos continuar anunciando a Boa Nova do Senhor. Pois, a voz de Jesus continua ecoando no mundo e no coração da humanidade com a mesma Palavra: “Ide e anunciai!”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.