Meu amor por você nunca mudará

Deus não mandou seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele‘. (Jo 3,17)

Deus não enviou Jesus ao mundo para te condenar nem para te castigar, mas para te salvar. Esta é a verdade deste versículo do evangelho de São João. Jesus veio a este mundo para te salvar, para te dar Vida, e para te resgatar da morte e do pecado. Esta foi a sua missão entre nós. Esta continua a ser a sua missão até os dias de hoje. Deus nunca muda suas decisões. E como Ele mandou Jesus para salvar o mundo, para salvar você e não te condenar, Jesus continua hoje a fazer a mesma coisa. Por isso, ele revelou a Sua Misericórdia à humanidade, como sinal dos últimos tempos: ‘A minha misericórdia é o sinal para os últimos tempos; depois dele virá o dia da justiça‘ (D. 848)

Para que nos convençamos do Seu amor por nós, Ele disse a Santa Faustina: ‘Antes de criar o mundo, eu te amava com o amor que o teu coração experimenta hoje e, por todos os séculos, meu amor nunca mudará‘ (D. 1574)

Antes da própria terra, do próprio universo ser criado, Deus te amava com o mesmo amor que você possui no coração hoje. Por todos os séculos o amor de Deus por você não mudará. Veja esta é uma afirmação feita pelo próprio Jesus: ‘por todos os séculos o meu amor por você não mudará‘.

É certo que o nós mudamos de humor, de comportamento, de atitudes, e quando não gostamos de alguém, não nos damos com ela, e a nossa tendência é nos afastarmos dela, porque em nada ela nos ajuda. Este é o comportamento que nós, pessoas humanas temos, de estarmos somente com quem nós gostamos, com quem nos dá prazer, e de nos afastarmos de quem não nos interessa. Deus age de forma diferente da nossa: Ele mesmo não gostando da nossa atitude, do nosso comportamento, da vida de pecado que levamos, não se afasta de nós, mas ao contrário, mantêm-se próximo, atento ao menor sinal de arrependimento da nossa parte para nos abraçar. É por isso que ele morreu de braços abertos, para te mostrar, que mesmo que você viva uma vida de pecado profunda, quando você se cansar desta vida de pecado, os braços dele sempre estarão abertos para te acolher, como a te dizer: ‘por todos os séculos, por todos os dias, por todos os meses, por todos os anos, por hoje, o meu amor por ti não mudará‘.

Assim como a mãe acolhe sempre o filho que andou por maus caminhos, e que arrependido volta para casa porque encontra nela sempre os braços abertos para acolher, Deus age da mesma forma com você.

Rezemos: Obrigado Jesus, porque o teu amor por mim nunca mudará. Tu permaneceste com os braços abertos na cruz por mim, para me dizer: ainda que os homens fechem os braços para você e te vire as costas eu não farei isso, porque o meu amor por você nunca mudará. obrigado Jesus. Eu aceito e assumo. eu assumo e aceito esta graça na minha vida. Amém.

Pe. Antônio de Aguiar Pereira, SAC
Palotino da Paróquia da Divina Misericórdia / RJ
E-mail: pe_toninho@hotmail.com

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.