Jovens decididos peloSenhor

O que não agrada ao coração de Deus é fazermos de conta que Ele não existe, e vivermos orientando-nos apenas por conceitos humanos. A Palavra de Deus nos ordena não sufocar nem deixar cair no esquecimento o Espírito, e não desprezar as palavras dos profetas.

O Pai começou a formar Seu povo, que era teimoso, incoerente e violento, mas também sofrido. Deus sempre precisou de homens e mulheres, profetas e profetizas, até Cristo, Filho de Deus, que pregou, morreu e ressuscitou. Depois de Jesus, outros profetas tem pregado para o povo: apóstolos, discípulos, santos, Papas e os pregadores de nossa época.

Sabemos, porém, que desde Abraão até o Papa João Paulo II, é o próprio Espírito Santo quem nos converte. O mundo hoje, nos faz rejeitar as palavras dos profetas. A ordem de Deus é vivificarmos o Espírito em nós, em nossas palavras, na maneira de olhar, nos gestos, pensamentos e sentimentos.

Precisamos vivificar o Espírito santo onde estivermos, e não podemos nos deixar levar pelos programas de rádio e televisão seculares que exibem o contrário do que a palavra de Deus pede. O objetivo desses meios é extinguir o Espírito Santo. São pessoas que desconsideram as palavras dos profetas, pessoas com mentalidade totalmente errada. Não podemos, de maneira alguma, ser coniventes com elas.

Como cristãos, precisamos fazer a nossa parte.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.