Escolhas de cada dia

“O presente é a sombra que se move separando o ontem do amanhã. Nela repousa a esperança.” (Frank Lloyd Wright)

Sei que com o tempo e diante de tantas dificuldades, a gente vai aprendendo que o essencial é viver um dia de cada vez. O passado não tem como voltar e nem mudar o que passou, e o amanhã ainda não chegou e talvez nem chegue para alguns.

Tenho, muitas vezes, me agitado com certas situações que tenho vivido, desejando resolver tudo rapidamente. E quando não consigo isso, encho-me de críticas e caio na bobeira de reviver o passado.

Aprendi que quando o passado não está nas mãos de Deus, ele não se torna realmente um passado para nós, porque o revivemos como um presente constante. O tempo passa, nós erramos porque somos falhos, e o bonito da vida é reaprender a fazer nossas escolhas, pois o hoje é sempre a alternativa certa para não ficarmos presos a nossas dificuldades.

Talvez você viva a “síndrome” de sempre julgar que está errado, de achar que nunca acerta em nada, como eu vivi por várias vezes.
Por isso, diante das situações aparentemente difíceis de ser superadas, porque lhe remetem ao medo de não conseguir acertar, respire fundo, e pergunte para você mesmo: “Por onde posso ir?” Analise todas as probabilidades e todos os caminhos possíveis. E tome como ponto de partida o bem. Eis a chave do dia-a-dia: viver tentando fazer sempre o bem. Assim, o erro cometido não será tão grande, porque nele havia uma boa intenção.

A Palavra do Senhor nos afirma que “existe um tempo para cada coisa debaixo do céu (…)” (Eclesiastes 3,1). Então, é viver a certeza de que a dor que você experimenta hoje vai passar, e mesmo que o seu dia pareça escuro, como diz o Padre Fábio de Melo em uma canção: “Deus acende as estrelas” (…)

Talvez, as luzes apagaram-se em sua vida, e diante de uma dificuldade, você olhe ao seu redor e não enxergue nada mais do que trevas.
As luzes, que lhe indicariam o caminho certo, apagaram-se em sua vida e possivelmente o medo de não saber por onde ir e nem o que fazer povoa seu coração. Visivelmente você só enxerga uma opção: parar e esperar que o tempo lhe traga a luz.

Então, nesse tempo em que você, muitas vezes, faz a escolha pelo mais óbvio: esperar ou desesperar-se, que Deus surja e como se colocasse o dedo no interruptor, acenda a luz, acendendo aquela estrela que lhe dará a oportunidade de fazer outras escolhas.

Faça a opção de viver bem o hoje, ou melhor, de viver o instante com intensidade. Com certeza, muitas situações vão lhe parecer menores de como você as enxergava antes. O Senhor, no tempo certo, lhe dará a clareza necessária para que possa viver com serenidade as dificuldades que surgirão durante a sua jornada.

Deus abençoe suas opções e o caminho que, a partir de hoje, você irá assumir!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.