De que adiantará estarmos certos???

Muitos de nós passamos a vida tentando fazer o melhor, evoluir nas coisas.

Mas, não esqueçamos: “De nada adiantará ao homem ganhar o mundo se perder sua alma…”

Em meio a esta busca, em geral nos tornamos obsessivos em nossas ações, pensamentos e sentimentos.

Incorremos sempre no perigo da radicalidade que exclui os outros, no fanatismo que nos afasta, sem percebermos, da Verdade que buscamos, no orgulho e na vaidade de nos sabermos capazes e vitoriosos ao ponto de nos sentirmos mais deuses do que o próprio Deus e, acima de tudo, na insensibilidade daqueles que crescem e deixam de se lembrar como eram antes e desta forma, se tornam insensíveis às dificuldades e diferenças alheias.

De que nos adiantará fazermos corretamente o dever de casa se nos esquecermos de que estamos no mundo unicamente para aprendermos a amar (e o que tudo isto compreende…)?!

Nós não poderemos ser vitoriosos sozinhos.

Nossas vidas estão interligadas. Teremos que entender isto.

Se nossa vida não for um exercício pleno e constante do amor não teremos entendido nada…

Não chegaremos à lugar nenhum em definitivo.

Só este entendimento profundo e vivo nos fará chegar ao céu.

Todas as diferenças entre nós, todos os imprevistos, as dificuldades e toda a gama de sofrimentos, serão sempre um convite à uma vida nova… vida em direção ao amor, à paz!

Todo o resto será como se peixes fôssemos, nos debatendo fora d’água.

Fonte: http://www.psicologiaefe

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.