Conferência sobre a Misericórdia

1777– Fica sabendo, Minha filha, que o Meu Coração é a própria Misericórdia. Desse mar de misericórdia derramam-se graças pelo mundo todo. Nenhuma alma que de Mim se tenha aproximado saiu sem consolo. Toda a miséria submerge na Minha misericórdia, e toda graça brota dessa fonte salvadora e santificante. Minha filha, desejo que o teu coração seja a morada da Minha misericórdia. Desejo que essa misericórdia se derrame sobre o mundo todo pelo teu coração. Quem quer que se aproxime de ti, que não se afaste sem essa confiança na Minha misericórdia, que desejo tanto para as almas.

Reza quanto puderes pelos agonizantes; pede para eles a confiança na Minha misericórdia, porque eles são os que mais necessitam de confiança e os que menos a têm. Fica sabendo que a graça da salvação eterna de algumas almas no seu derradeiro momento depende da tua oração. Tu conheces todo o abismo da Minha misericórdia, portanto, tira dela para ti, e especialmente para os pobres pecadores. É mais fácil o Céu e a Terra se transformarem em nada, do que a Minha misericórdia deixar de envolver uma alma confiante.

Fonte: Devocionário à Divina Misericórdia
Editora Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.