Reflexão

Luz da Fé: Nem ateu nem à toa

Como é bom viver acreditando em Deus!

Neste programa ‘Luz da Fé’, quero refletir com você sobre o número 199 do Catecismo da Igreja Católica, que nos ensina o seguinte:

Creio em Deus

199. “Creio em Deus”: esta primeira afirmação da profissão de fé é também a mais fundamental. O símbolo inteiro fala de Deus, e, se fala também do homem e do mundo, fá-lo pela relação que eles têm com Deus. Os artigos do Credo dependem todos do primeiro, da mesma forma que os mandamentos explicitam o primeiro deles. Os demais artigos nos fazem conhecer melhor a Deus tal como se revelou progressivamente aos homens. “Os fiéis fazem primeiro profissão de crer em Deus”.

Foto ilustrativa: Wesley Almeida / cancaonova.com

O Catecismo da Igreja nos ensina que essa primeira afirmação da profissão de fé é também a mais fundamental. Essa palavra “fundamental” é muito importante, porque, como todos nós sabemos, uma edificação jamais se inicia pelo telhado, mas sim pelo seus alicerces, pela base da estrutura, ou seja, pelo seu fundamento. E se esse fundamento for bem feito, a edificação irá se manter de pé ao longo do tempo. Por outro lado, se esse fundamento for mal feito, toda edificação correrá perigo.

Também a nossa profissão de fé tem o seu fundamento. E ele consiste nesta afirmação: Creio em Deus.

Eu fico imaginando como deve ser triste para alguém viver sem acreditar em Deus. Como deve ser triste para um ateu, na hora da sua morte, morrer sem esperança na vida eterna, pensando na morte como uma passagem apenas para a escuridão. Que triste isso!

Gente, como é maravilhoso crer! Como é bom viver acreditando em Deus!

O professor ateu e o aluno cristão

Conta-se que havia um professor que era declaradamente ateu. Na sala de aula em que ele lecionava havia um aluno cristão, muito fervoroso e convicto de sua fé.

O professor, então, para provocar esse seu aluno, inicia a aula dizendo:
– Aquilo que está escrito na Bíblia sobre os hebreus atravessarem o Mar Vermulho a pé enxuto é tudo conversa fiada! Na verdade, a Ciência explica isso muito bem. Primeiro, que Deus não existe! Segundo, que houve um terremoto naquele lugar que mexeu com as placas tectônicas da região e, com isso, o nível de água do Mar Vermelho baixou tanto, que aquele povo atravessou o mar com menos de 30 cm de água. Deu para vocês compreenderem agora?

Naquele mesmo instante, o aluno começou a exclamar:
– Glória a Deus! O meu Deus é o Todo-Poderoso! Tu és o Deus vivo, santo e verdadeiro! Aleluia!

Leia mais:
.: Luz da Fé: Rejuvenesça
.: Luz da Fé: A Igreja é nossa mãe
.: Luz da Fé: Deixe-se carregar pela fé dos irmãos

O professor ateu imediatamente irritou-se com o rapaz:
– Por que você continua louvando a Deus? Eu não acabei de mostrar a você que tudo isso não passa de uma coisa inventada?

E o jovem cristão respondeu:
– Professor, eu só posso louvar ao meu Deus diante dessa explicação, porque Ele é tão poderoso e incomparável, que foi capaz de afogar o faraó e todo seu exército em apenas 30 cm de água! Grande é o Senhor nosso Deus!

Vale a pena acreditar em Deus

Veja só, meu irmão: para aquele que não crê, nenhuma explicação é possível, mas para todo aquele que crê, nenhuma explicação se faz necessária.

Eu afirmo a você: como é bom viver pela fé! Infelizmente, 11% da população mundial não acredita em Deus. Com 85% da sua população declarando não acreditar em Deus, a Suécia é o país mais ateu do mundo. Esses são alguns dados que entristecem o nosso coração, mas, ao mesmo tempo, devem nos levar a declarar perante os homens de forma convicta: como é bom viver acreditando em Deus!

Vamos acreditar juntos? Porque a nossa fé, esse Credo que professamos, não é algo que “nasceu ontem”. Nele está contido dois mil anos de história de fé. E essa fé tem sido professada pela nossa Mãe Igreja durante todo esse tempo. Vamos juntos com ela [Igreja] professar essa verdade de que vale a pena crer em Deus.

Um forte abraço!

Assista ao programa:


Alexandre Oliveira

Membro da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Alexandre é natural da cidade de Santos (SP). Casado, ele é pai de dois filhos. O missionário também é pregador, apresentador e produtor de conteúdo no canal ‘Formação’ do Portal Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.