História da Igreja

Ser cristão, um caminho a seguir

Os antigos cristãos, logo nos primeiros anos do cristianismo, eram chamados de aqueles que seguiam o caminho (cf. At 9,2). Era o termo usado para o cristianismo nascente. Os relatos bíblicos falam que, em Antioquia, eles foram, pela primeira vez, chamados de cristãos (cf. At 11,26).

Alguns estudiosos dizem que o nome “cristãos” foi dado pelos romanos, que queriam denominar aqueles que seguiam Jesus, o chamado “Cristo” (ungido em grego), e faziam parte deste movimento religioso que tinha convicções religiosas diferentes das do Império Romano. Para os romanos, algo depreciativo e que representava, em determinado momento da historia, uma ameaça à soberania dos imperadores romanos. Porém, alguns outros afirmam que o nome “cristão”  foi utilizado para descrever uma qualificação dos seguidores de Jesus, ou seja, aqueles que também eram portadores da unção que era recebida com o batismo.

Ser cristão, um caminho a seguir

Foto Ilustrativa: by Getty Images / mammuth

Ser cristão é crer em Deus e seus passos

Porém, quer seja um nome depreciativo ou uma qualidade atribuída pelos moradores de Antioquia, o fato é que ser cristão não é um título nem um apelido, é uma questão de ser. Desde sempre, o ser cristão é algo que pressupõe responsabilidade. Somos seguidores do Caminho, que é Jesus. Estamos à caminho do céu. Este céu que já começa aqui e se plenifica na eternidade, pois Jesus trouxe os valores do Reino de Deus, com a sua entrada na história, no tempo, no espaço, em vista da plenitude dos tempos.

Deus é sempre fiel e conta com a nossa fidelidade nas intenções e nas atitudes, para promover o bem, contando sempre com a sua graça para sermos cada vez mais transformados. Somos caminheiros, e no caminho que seguimos temos quedas, encontramos atalhos, passamos por obstáculos, andamos em passos mais largos ou mais lentamente.

Leia mais:
.: Como ser cristão e fazer a diferença na sociedade?
.: Diferença entre ser católico e ser cristão
.: Ser cristão incomoda muito
.: Como ser cristão no terceiro milênio? 

Jesus é nossa força e salvação

O importante é ter os olhos fixos na nossa meta que é o Céu, andando pela via da nossa salvação, ou seja, olhando fixamente para Jesus, o Caminho, a Verdade e a Vida, pois Ele já fixou o olhar sobre nós por primeiro e nos amou com um amor sem limites.

Nesta certeza de que somos chamados, sigamos o caminho como os primeiros cristãos, sabendo que Jesus é a nossa força e a nossa salvação.

banner_espiritualidade


Tarciana Barreto

Tarciana Matos Barreto é natural de Aracaju – Sergipe, é membro da Comunidade Canção Nova há quase 18 anos. É Graduada em Direito pela Universidade Federal Sergipe; em Teologia pela Faculdade Dehoniana de Taubaté e mestranda em Direito Canônico pelo Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico do Rio de Janeiro. Escreve artigos para o Portal Canção Nova, é palestrante de cursos de catequese, formação e espiritualidade, já participou de vários programas da TV Canção Nova, além de pregar em encontros de evangelização. É apaixonada pelo estudo da Palavra de Deus, da Doutrina da Igreja, da formação humana, espiritual e também catequética.

comentários