ensinamentos

Você se prepara para a chegada da tribulação?

Todos nós nos preparamos e nos arrumamos para uma festa de aniversário, para um casamento, uma comemoração ou até mesmo para uma formatura. Vestimos as melhores roupas, usamos o melhor perfume, arrumamos os cabelos, e tudo isso para esperarmos esse momento chegar. Na maioria das vezes, ninguém está preparado para receber a tribulação, não nos preparamos nem esperamos por ela. Ela chega como uma visita ilustre, sem avisar o dia, a hora que chegará e sem data prevista de ir embora. Ela costuma ser rejeitada e pouco apreciada, pois nem todos sabem como acolhê-la. Muitos a temem, e poucos, de fato, a recebem.

Ultimamente, ela tem batido à minha porta e me questiona se pode ficar, pois ainda precisa me ensinar algo. Sem muito entender essa visita repentina, questiono-me se não havia bastado todo o estrago que ela fez da última vez que apareceu. Questionei o porquê de ela trazer consigo a solidão, a tristeza e essa sensação de abandono; perguntei quem a tinha enviado. Ela, calmamente, respondeu: “O Senhor está escondido em mim!”.

Você se prepara para a chegada da tribulação?

Foto ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

De fato, o Senhor se revelava aos seus em meio às dores e dúvidas que cada um enfrentava. Ele observou o povo que caminhou, durante 40 anos, no deserto, observou o medo dos apóstolos sobre a barca quando os grandes ventos surgiam, observou a viúva que tinha perdido seu filho, observou e se fez próximo de todos aqueles que o invocavam. (SL 34,6)

Aprenda com a tribulação

Nenhum deles estava preparado para acolher a dor ou a tribulação, na verdade, a maioria de nós somos inaptos para acolher a tribulação e colher dela o redirecionamento para a nossa vida. Viktor Frankl dizia: “A vida é sofrimento, sobreviver é encontrar significado na dor, se há de algum modo um propósito na vida também deve haver um significado na dor e na morte.”

Assim, os ventos contrários são para nós a certeza de que Ele caminha conosco, que Ele não está dormindo e espera de nós a fidelidade, o amor e a perseverança. ( Rm 5,3-5) Na verdade, todos deveríamos nos preparar com roupas de gala para acolher a tribulação, ela que, por excelência, tem o poder de abrir olhos da e nos dar a certeza de que Ele combate por nós. (Rm 8,35-37)

Leia mais:
::Qual é a força da oração dos avós que oram pelos netos?
::Estar diante da Cruz faz toda diferença
::Como se preparar para o fim dos tempos?
::E se não existisse purgatório?

Não rejeite as verdadeiras visitas de Deus que se escondem atrás dessa grande visita, que é a tribulação. Abra os olhos da fé e você contemplará que o Deus que, aparentemente, dorme, está lutando a seu favor. Saiba que nenhum vento contrário jamais destruirá o que foi construído sobre a verdade. Os ventos contrários jamais conseguirão apagar a certeza deste Amor. ( Rm 8, 38-39)

 

Banner Vocação


Brigite Cortez

Brigite Cortez, natural de Portugal, é missionária na Comunidade Canção Nova onde atua no setor de Eventos.

 

comentários