comece bem o dia

A oração é a chave do nosso dia e ferrolho da nossa noite

Não há vitória maior do que a de quem começa seu dia, de joelhos, em oração

Não é fácil ter uma vida pura! Para isso, seja humilde diante de Deus, para que você não seja tentado além de suas forças. É duro o combate pela castidade, e mesmo aqueles que já progrediram muito em sua conquista precisam ter cuidado para não a perder novamente. Para isso, há uma dica: que a oração seja a chave para abrir o seu dia e o ferrolho para guardá-lo à noite.

A oração é a chave do nosso dia e ferrolho da nossa noite

Foto ilustrativa: Paula Dizaró/cancaonova.com

Bem cedinho é o melhor momento para estar a sós com Deus. Em francês, cedinho é traduzido como bonne heure, que literalmente seria “a hora boa”. Deus, nesta hora, está nos esperando para o café da manhã. Ele já tem a mesa preparada com uma comida sagrada, que nos dará forças para vencermos todos os obstáculos do dia.

O começo do dia é a hora boa, porque podemos dar a Deus o melhor de nós, pois estamos descansados e ainda não fomos contagiados pelo ativismo, pelos desencontros e frustrações. Durante nosso sono, uma página da nossa vida foi virada, e agora temos, diante de nós, uma outra novinha, toda em branco, que poderemos entregar a Deus, para que Ele escreva nela a história daquele dia.

Não há pessoa tão sábia e feliz como aquela que, logo pela manhã, consagra a Deus seu dia e todo o seu ser. Não há vitória maior do que a do homem que começa seu dia combatendo, de joelhos, em oração. Protegida está a pessoa que, antes de receber os raios do sol, já recebeu os raios de Deus.

Opte pelo Senhor!

Podemos pedir ao Senhor esta graça: “Meu Senhor, eu quero, já bem cedo, encontrá-Lo! Nem preguiça, nem desânimo, sonolência ou torpor poderão me impedir de encontrá-Lo na hora boa. Ao céu, sobe-se de joelhos, e é assim que eu estarei depois de despertar. Sei que o Senhor mesmo me despertará e virá ao meu encontro, que me abraçará no meio da oração; e todo o meu dia será bom, porque o Senhor me dará força, iluminará a minha mente e alegrará meu coração. Tudo isso, porque eu O encontrei na hora boa, bem cedinho”.

Eu aprendi que, se, no começo do dia, não me prostrar diante de Deus, serei prostrado pela agitação e pelos aborrecimentos que são motivos de perturbação. Eu aprendi que só Deus pode comunicar a força e a bondade que me capacita para amar, suportar e vencer. Aprendi que se eu der a Ele o melhor do meu dia, Ele fará o meu dia muito melhor.

Leia mais:
::O que fazer quando perdemos a vontade de rezar?
::Estou vivendo uma crise de fé. O que eu devo fazer?
::O que é a fé? O que significa crer nos dias de hoje?
::Eu me relaciono de verdade com Jesus Salvador?

Precisamos correr, logo pela manhã, e garantir nossa opção pelo Senhor, enchendo nossos pensamentos de Suas santas inspirações, antes que venha o inimigo plantar o joio das preocupações e pensamentos sensuais. Que, no começo do dia, não despertemos apenas o nosso corpo, mas também a nossa alma:

“Desperta, tu que dormes! Levanta-te dentre os mortos e Cristo te iluminará! Vigiai, pois, com cuidado sobre a vossa conduta: que ela não seja conduta de insensatos, mas de sábios que aproveitam ciosamente o tempo, pois os dias são maus. Não sejais imprudentes, mas procurai compreender qual seja a vontade de Deus” (Ef 5,14-16).


Márcio Mendes

Nascido em Brasília, em 1974, Márcio Mendes é casado e pai de dois filhos. Ex-cadete da Academia da Força Área Brasileira, Mendes é missionário da Comunidade Canção Nova, desde 1994, onde atua em áreas ligadas à comunicação. Teólogo, é autor de vários livros, dentre eles ’30 minutos para mudar o seu dia’, um poderoso instrumento de Deus na vida de centenas de milhares de pessoas.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.