tenha um ótimo dia

Nossa vida pode ser comparada a um tear

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia para a sua própria carne, da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito, do Espírito colherá vida eterna” (Gálatas 6,7-8). Nossa vida pode ser comparada a um tear, em que os acontecimentos são como fios que estão entrelaçados entre si e revestidos de cores e significados. Nada acontece por um acaso, e à medida que o tempo vai passando, cada vez mais, vamos tomando conhecimento do “bordado”, resultado da nossa história.

O tear da vida

Contemplar a obra terminada é tarefa que foge das nossas mãos, mas colaborar para que ela seja apreciável é missão que se dá na generosidade que partilhamos a cada dia. Nossa vida é repleta de acontecimentos que demostram isso… Às vezes, passamos anos sem ter notícias de quem um dia fomos cúmplices e, de repente, o reencontro acontece.

Em outros casos, fomos ajudados por alguém e nunca encontramos essa pessoa para agradecer. Há também situações em que não conseguimos ser tão gentis como deveríamos e já não houve tempo para sequer pedir perdão. E por aí seguem os acontecimentos, que se entrelaçam como fios, dando cor e forma ao bordado da nossa história.

Mas em todo caso, pratiquemos o bem, porque o que plantamos é isso que iremos colher… Deus não improvisa.

Leia mais:
.:Para ter um ótimo dia, escolha fazer o bem
.:Lidar com as perdas sem se perder
.:Para todo fim, um recomeço
.:Vi Deus num homem

Oração

“Senhor, mesmo que eu não compreenda o que estou vivendo hoje, quero me submeter à Tua vontade e me deixar conduzir por Tuas mãos de artista, que faz sempre obras maravilhosas, mesmo que o “material” não seja o melhor. Faz em mim Tua vontade, pois eu sei que esse é o caminho para a minha felicidade. Amém!”


Dijanira Silva

Missionária da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Djanira reside na missão de São Paulo, onde atua nos meios de comunicação. Diariamente, apresenta programas na Rádio América CN. Às sextas-feiras, está à frente do programa “Florescer”, que apresenta às 18h30 na TV Canção Nova. É colunista desde 2000 do portal cancaonova.com. Também é autora de livros publicados pela Editora Canção Nova.

 

 

comentários