descubra

Como identificar se sou uma pessoa narcisista?

O que é uma pessoa narcisista?

Antes de saber se sou, é preciso saber o que é uma pessoa narcisista. Em linhas gerais, trata-se de um conceito de base psicanalítica, apresentada por Freud. Segundo DSM-V trata-se de “Um padrão difuso de grandiosidade (em fantasia ou comportamento), com necessidade de admiração e falta de empatia, que surge no início da vida adulta e está presente em vários contextos”. Esse conceito define pessoas que apresentam forte admiração e uma paixão exagerada pela própria imagem.

O nome narcisista vem de Narciso, um personagem da mitologia grega que por ter rejeitado o amor de Ninfa, filha de Zeus, foi condenado a se apaixonar pela própria imagem. Assim, quando viu sua imagem refletida na água, foi ao
encontro dela e morreu afogado. Posteriormente, foi transformado em uma flor, a flor de narciso.

Como identificar se sou uma pessoa narcisista?

Foto ilustrativa: SIphotography by Getty Images

Todo o ser humano passa, ainda criança, pela fase do narcisismo, egoísmo e egocentrismo. É natural! No entanto, passa-se por essa fase e não se permanece nela! A medida que o ciclo da vida continua, o nosso ser narcísico
não acaba, ele diminui em nós. Mas, o que temos visto no mundo atual são muitos os que têm ficado “paralisados” nessa etapa narcísica, ou seja, vivem um grande enamorar com o seu próprio eu.

Vamos então ver algumas características que podem ser vistas em um narcisista:

1) Será que tenho uma sensação grandiosa da minha importância? Por exemplo, exagera nas conquistas, dons e talentos, valorizando mais do que deveria e fica esperando tal reconhecimento dos outros também.

2) Fico preocupado em como conquistar ou sustentar o sucesso, pensando no poder, brilho ou beleza?

3) Acredita ser uma pessoa muito importante, única e que, por isso, precisa estar vinculado às instituições ou empresas importantes que tenham condições financeiras elevadas?

4) Acredita que precisa ser admirado, valorizado, reconhecido constantemente?

5) Sente que precisa possuir direitos diferenciados, como forma de ser tratado, construindo uma expectativa que não condiz com sua realidade?

Leia mais:
::Criatividade: habilidade natural ou fruto do esforço?
::Uma mudança de postura ajuda com os sintomas da ansiedade?
::Estimule sua confiança e a fé na luta contra a ansiedade
::Início e fim: sejamos aprendizes da sabedoria dos ciclos

6) Explora suas relações interpessoais, tirando vantagens de outras pessoas para o próprio favorecimento?

7) Tem dificuldade de se colocar no lugar do outro? Reconhece os sentimentos e as reais necessidades do outro? Ou acredita que as suas sempre são maiores?

8) Acredita que os outros sempre o invejam pela condição que vive, pela beleza… E, por vezes, sente inveja do outro?

9) Percebe que, em alguns momentos, demonstra comportamento ou atitude arrogante?

E aí, será que você tem perfil de narcisista?

Segundo o critério de diagnóstico DSM-V, se você respondeu sim em pelo menos cinco dessas nove questões, provavelmente você tem uma personalidade narcisista. Quando trata-se de estrutura de personalidade, é
importante buscar acompanhamento psicológico. Apesar que, se você se encontrar nesse perfil, provavelmente estará achando que não precisa de ajuda. No entanto, existem casos de pessoas que possuem traços dessa personalidade e não tem a personalidade narcísica instalada, porém, está no limite para desenvolver a mesma.

Por fim, é importante ressaltar que, aqueles que se enquadram nesses critérios, provavelmente não reconhecerão que o são ou terão dificuldade para o fazer. Mas, uma forma de perceber se seu comportamento é de um narcisista, basta parar de olhar para você por alguns minutos e observar como as pessoas têm se relacionado com você e o que elas têm dito do seu comportamento.


Aline Rodrigues

Aline Rodrigues é missionária da Comunidade Canção Nova, no modo segundo elo. É psicóloga desde 2005, com especializações na área clínica e empresarial e pós-graduada em Terapia Cognitiva Comportamental. Possui experiência profissional tanto em atendimento clínico, quanto empresarial e docência.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.