Viva Nossa Senhora Aparecida

Nossa Senhora Aparecida, padroeira e protetora do Brasil, rogai por nós

Ao celebrarmos a grande festa de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e do povo brasileiro, somos todos convidados a renovar a nossa devoção filial e confiante a Nossa Senhora. Maria é uma presença materna na vida da Igreja e de toda a humanidade. Por isso, nós a homenageamos com amor e gratidão.

Nossa Senhora Aparecida

Ao olharmos para Nossa Senhora, lembramos que ela aponta para Jesus e Ele mostra-nos Maria. Ela pediu e nos ensinou: “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5). Jesus, do Alto da Cruz, antes de dar o suspiro final nos deu mais um grande presente: “Eis aí tua mãe” (Jo 19, 27). Nos Evangelhos, nas Celebrações e na história, sempre percebemos Jesus e Maria muito próximos. E esta proximidade nos impulsiona a adorarmos Jesus em espírito e verdade e a confiarmos na intercessão constante de Maria junto a Deus por todos nós.

Maria não tira Jesus do centro. Ela nos conduz ao Senhor e nos ensina como segui-Lo e como fazer a vontade do Pai. Ao a homenagearmos com vivas, cânticos, orações, palmas e flores, nós reconhecemos nela um modelo a ser imitado. Ela é modelo de solicitude, de disponibilidade e serviço. A Santíssima Virgem disse sim a Deus, acolhendo plenamente a Missão que Ele confiou a Ela. Por isso, Ela se tornou serva de Deus e dos irmãos.

As celebrações e festas marianas dão um “toque especial” na vida da Igreja e na nossa caminhada de cada dia. Onde se cultiva a devoção a Nossa Senhora, sempre existe vida, dinamismo e criatividade. Maria nos ensina a sairmos na direção ao irmão que precisa da nossa ajuda. Ela nos ensina a caminharmos pelas “regiões montanhosas” da vida com passos firmes e seguros (cf. Lc 1, 39-56).

Leia mais:
::Minha experiência com Nossa Senhora

Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus pela nossa Pátria, pela nossa gente! Intercedei junto a Jesus para que o povo d’Ele consiga dizer não aos falsos profetas e aos ídolos da modernidade. Nossa Senhora, rogai a Deus por nós, que recorremos a vós.

Hoje e sempre, digamos: Viva Nossa Senhora Aparecida!

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.