Esta é Maria, a mãe de Jesus e minha mãe!

Maria, mulher forte e silenciosa, Se faz presente no dia a dia de seus filhos

A minha experiência com Nossa Senhora é muito boa. Demorei muito para perceber a presença de Maria, porque Ela é muito discreta. Quando eu paro e revejo minha história de vida, percebo que nos tempos marcantes sempre clamei por Ela. Mesmo quando eu estava longe de Deus, sempre andei com meu terço na mão, às vezes eu nem rezava, mas estava com ele.

Maria

Hoje, eu percebo o quanto Nossa Senhora me protegeu, nos momentos de dor, de dificuldade, quando eu tive câncer, na hora que a dor apertava, eu sempre clamei por Nossa Senhora. Até fazia uma experiência pedindo que ela deitasse na minha cama, junto comigo e, ali eu conseguia silenciar e suportar as dificuldades.

Maria é aquela que me espera quando volto cansada do trabalho, no caminho sempre vou rezando: “Quem é essa que avança como aurora, formosa como a lua, brilhante como o sol, temível como exército em ordem de batalha; esta é Maria, a Mãe de Jesus e minha Mãe”. Antes de entrar no trabalho eu faço essa oração, com a certeza de que Ela vai estar aqui cuidando dos mínimos detalhes.

Leia mais:
::Escrevi uma carta para Nossa Senhora encontrar minha namorada
::Como relacionar-se com Nossa Senhora no dia a dia

Desde que eu perdi minha mãe da terra, o meu coração é consolado porque acredito que Nossa Senhora tem um olhar especial por aqueles que não tem mãe. É como se Ela tivesse um carinho dobrado, como se fosse para suprir a falta da presença materna. Toda a vez que eu sinto saudades, clamo por Nossa Senhora e Ela me consola, com atos muitos concretos. É uma pessoa que vem e me diz uma palavra, é uma florzinha que eu ganho, um bilhetinho, uma lembrança gostosa de momentos bem ternos que eu já vivi.

Mas o que me encanta em Nossa Senhora é a sua presença de mulher silenciosa e forte. Porque na hora da dor, na hora da cruz, Ela se manteve firme. E todas as vezes que minha perna treme, ou eu vacilo diante de qualquer sofrimento, é a Ela que eu procuro. É a presença dela firme diante da cruz. Se Aquela mulher foi capaz de suportar tanta dor por que não eu? Se Ela foi tão cheia do Espírito Santo eu posso ser também.

Eu sempre peço para que Maria me visite como visitou Isabel. Fico imaginando Nossa Senhora indo visitar sua prima, com todas as angústias de seu coração sem entender o que estava acontecendo com Ela e, ali o Espírito Santo foi a convencendo da vontade de Deus. Então, eu sempre peço que Ela me ajude a ser forte, a ser cheia do Espírito, e me deixar convencer pela ação de Deus em mim.

Heloísa Paiva – Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.