Quem é o Espírito Santo?

Você sabe que o amor de Deus é o Espírito Santo em nós?

Compreenda o amor de Deus na presença da Santíssima Trindade

Deus é Trino, o que se entende por três pessoas, um só Deus. Uma relação de intimidade, de plena união e colaboração. As três pessoas da Santíssima Trindade são o Pai, o Filho e o Espírito. Santo Agostinho exemplifica dizendo que, na trindade, temos “O Amante, que é Deus Pai; O amado, que é Cristo; e O amor, que é o Espírito Santo”.

A Sagrada Escritura, sempre que descreve a presença do Espírito Santo, liga-o a uma ação de Deus no mundo. O Espírito é a própria vontade do Pai. O “faça-se” de Deus na criação, o sopro em Adão e Eva para lhes dar a vida, a revelação a Noé sobre o dilúvio, a força e sabedoria dadas a Moisés no Egito. Estes e muitos outros fatos Bíblicos são momentos da ação do Espírito Santo na humanidade, sendo o mais sublime deles a vinda de Jesus ao mundo.

Você-sabe-que-o-o-amor-de-Deus-é-o-Espírito-Santo-em-nós

Foto Ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

O Espírito é o “Senhor que dá a vida”

No Credo Niceno-Constantinopolitano, em particular no momento que fala do Espírito Santo, rezamos que Ele é o “Senhor que dá a vida”, e que “Falou pelos profetas”. Essas simples palavras podem ser guias úteis para nós, a fim de conhecermos melhor a Pessoa do Espírito Santo. Muitas vezes, o Espírito é relacionado com a água ou o vento. Para Moisés, apareceu como um fogo, que, porém, não consumia a sarça. Isso, porque o Espírito não destrói, mas constrói, dá vida.

Não é simples falar do Espírito Santo, pois Ele nunca fala de si mesmo, mas do Pai e do Filho. Conhecê-Lo é essencial na vida de qualquer pessoa que queira seguir Jesus, pois somente por meio do Espírito Santo podemos conhecer, verdadeiramente, o Deus Pai e Jesus Cristo, e também a nós mesmos.

O homem é a sublime morada desse “Sopro de Deus”. E somente quando o Espírito habita em nós tornamo-nos nós mesmos. Somente sendo amado por Deus eu posso ser eu, e você pode ser você. Se não temos o amor em nós, não seremos capazes de nos compreender e não conseguiremos ser autenticamente nós mesmos. Só o amor de Deus, que é o Espírito Santo, pode nos tornar aquilo que somos.

Leia mais:
.: Reflita: as diferentes face do amor de Deus
.: Deixar-se conduzir pelo Espírito Santo
.: Qual é o significado do batismo no Espírito Santo?
.: O Espírito Santo é o Paráclito, sobretudo amigo íntimo

O Espírito Santo está em mim?

Com o Espírito não teremos mais medo, pois “No amor não há medo. Antes, o perfeito amor lança fora todo o medo” (I Jo, 4,18). Se tenho o Espírito Santo, sou capaz de amar-me e amar o outro.

O Amor é, por excelência, a “marca registrada” da presença do Espírito. É, portanto, impossível ter o Espírito se não manifesta em nossa vida o amor. Se tenho o Espírito Santo, sou capaz de amar-me e amar o outro.

Um grande mal dos nossos tempos, apesar de vivermos a era da informação, é a falência do homem em comunicar-se com seu semelhante. Comunicar-se é essencial para a socialização humana. Hoje, percebemos bem que muitos horrores poderiam ser evitados se soubéssemos nos relacionar, comunicar o que somos e acolher o que o outro é. Quando há amor no coração, rompe-se a barreira da ausência de comunicação, porque a ausência de comunicação é a ausência do amor. Em tudo isso, o Espírito Santo nos guia, ensina-nos o caminho, mas Ele não faz as coisas por nós, pois o amor não nos aprisiona, mas nos liberta.

Que esse mesmo Espírito que “falou pelos profetas” possa encontrar em nós espaço para semear o Amor no mundo.


Paulo Pereira

José Paulo Neves Pereira nasceu em Nossa Senhora do Livramento (BA). Missionário da Comunidade Canção Nova, ele atua como gerente no setor de Conteúdo da TV Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.