Você crê na existência e na forte presença de Deus?

“O conhecimento da existência de Deus está naturalmente infundido em todos. Logo, a existência d’Ele é por si evidente” (São Tomás de Aquino)

Você crê na existência de Deus? Em caso afirmativo, pode provar que Ele existe? Na realidade, estamos cercados de evidências de que existe um Criador sábio, poderoso, amoroso e eterno. Que evidências são essas? Elas são convincentes? Encontramos a resposta ao considerar as palavras do apóstolo São Paulo em sua carta aos cristãos em Roma.

Referindo-se a Deus, o grande apóstolo Paulo disse: “As suas qualidades invisíveis são claramente vistas desde a criação do mundo em diante, porque são percebidas por meio das coisas feitas, mesmo seu sempiterno poder e divindade, de modo que eles são inescusáveis” (Rm 1,20). O Criador deixou Sua marca em Suas obras, como São Paulo destacou.

Você-crê-na-existência-e-na-forte-presença-de-Deus

Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Vejamos mais a fundo as palavras do apóstolo dos gentios: as qualidades de Deus podem ser vistas “desde a criação do mundo em diante”, observa São Paulo. Nesse contexto, a palavra grega traduzida por “mundo” não se refere ao planeta Terra, mas à humanidade. Portanto, o grande apóstolo afirma que, a partir do momento em que foram criados, os seres humanos podiam ver as qualidades do Criador, evidentes nas coisas feitas por Ele.

Essas evidências estão à nossa volta. Não estão escondidas na natureza, mas são “claramente vistas”. Da maior à menor, as criações revelam claramente não apenas que existe um Criador, mas também que Ele tem qualidades maravilhosas. Projetos inteligentes tão óbvios na natureza nos revelam a sabedoria de Deus. Os céus estrelados e a rebentação das ondas do mar mostram o poder do Todo-Poderoso. A variedade de alimentos que tanto apreciamos e a beleza do nascer e do pôr do sol revelam o amor de Deus pela humanidade. (Cf. Sl 19,1-8; Sl 104,24; Is 40,26).

Leia mais:
.: Ordem e beleza perdida e restaurada na criação de Deus
.: O Evangelho da criação
.: Deus confia ao homem a criação
.: As dinâmicas da existência humana e espiritual

É fácil reconhecer essas evidências? Elas são tão claras que os que não as veem e os que se recusam a acreditar em Deus “são inescusáveis”, ou seja, não têm desculpa. Um sábio ilustra isso da seguinte maneira: imagine um motorista que ignora uma placa com o aviso: “Desvio – vire à esquerda”. Um policial pede que o motorista pare e começa a multá-lo. O homem que dirige o carro tenta argumentar, afirmando não ter visto a placa. Mas suas palavras não convencem o policial, porque a placa é bem visível e o condutor não tem nenhum problema na vista. Além disso, é responsabilidade do motorista prestar atenção nas placas. O mesmo acontece com as evidências de Deus na natureza, que são como uma placa bem visível. Como criaturas racionais, somos capazes de vê-las. Não há desculpas para as ignorar!

De fato, o “livro” da criação revela muito sobre nosso Criador, mas há outro livro que revela muito mais sobre Ele: a Sagrada Escritura.

 


Padre Inácio José do Vale

Padre Inácio José do Vale é professor de História da Igreja no Instituto de Teologia Bento XVI (Cachoeira Paulista). Também é sociólogo em Ciência da Religião.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.