confira

Entenda a função angélica dos anjos e seus poderes

Os anjos são criaturas de Deus a Seu serviço, cujos poderes são limitados na sua função angélica. Cada milícia atua de forma sistemática como defensores do Reino de Deus, não só no Céu como também neste mundo. As suas ações são definidas nas hierarquias celestes com serviços distintos.

Apesar de habitarem no Céu e na intimidade de Deus, os anjos não conhecem todos os segredos do Rei (Tb 12,11), que Deus costuma revelar aos Seus amigos: Abraão (Gn 18,17) e aos apóstolos (Jo 15,15), até mesmo Jesus nos revela que, a respeito da hora de Sua vinda gloriosa, nem Ele nem os anjos sabem (Mt 24,26). É importante conhecermos as suas funções e suas ações em favor de Deus e dos homens, para invocá-los em nosso favor no combate.

Entenda sobre a função angélica dos anjos e seus poderes

Foto ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

Função angélica

Serafins – têm como função estimular nossa entrega ao louvor a Deus, abrasar-nos neste amor e nos estimular no serviço a Deus. Isso significa que, quando estamos no louvor a Deus, eles participam cantando louvores, entoando conosco seus cantos. É o coro que entoa um cântico de “Santo, Santo, Santo, Senhor dos exércitos” (Is 6,1-4).1

Querubins – são os defensores que nos ajudam nas tentações contra a fé, pureza e os escrúpulos.

Tronos – são os que ajudam e iluminam os governantes, bispos, responsáveis por comunidades religiosas, juízes, autoridades civis.

Dominações – ajudam nos esclarecimentos, na compreensão, também aqueles que se empenham em difundir o Reino de Deus.

Virtudes – ajudam a melhorar nossa vida espiritual, dando-nos coragem e força para cumprirmos as resoluções; estimula as pessoas a se deixarem banhar no Espírito Santo.

Potestades – ajudam a remover os obstáculos que possam impedir a execução dos desígnios de Deus, desfazem as armadilhas e ciladas do inimigo (Satanás), ajudam as pessoas a se santificarem.

Principados – defendem e protegem os países, cidades, as Igrejas, as casas, para que os filhos de Deus reinem sobre todas as coisas, como filhos de um Reino de graça.

Arcanjos – São três os nomes que nos foram revelados:

Arcanjo Miguel: combate por nós contra o príncipe do inferno, desfazendo toda mentira e ilusão (Ap 12,7-9)
Arcanjo Gabriel: traz a boa notícia, apresenta a Deus os nossos pedidos (Lc 1,30-45).
Arcanjo Rafael: defende-nos das potências do mal, das doenças, e nos acompanha nas viagens (Tb 6,1-22).

Anjos da Guarda – eles nos protegem e são encarregados de nos guardar e de nos levar à salvação. (Hb 1,14)

Referências:

1 Sobre os anjos e suas virtudes (Orações de poder, p. 176 – Editora Raboni, 1995)

Trecho extraído do livro “Libertos das forças ocultas“, de padre Vagner Baia.

banner espiritualidade

comentários