Ser criança

Por que brincar é a melhor coisa do mundo?

12as Jesus lhes ordenou: “Deixai vir a mim as crianças, não as impeçais, pois o Reino dos céus pertence aos que se tornam semelhantes a elas”. (Mt 19,14)

Brincar é a melhor coisa do mundo, não é mesmo? Quando a gente é criança, adora imaginar que já é adulto, e por isso vive “brincando de trabalhar”. Quando eu era criança, fui tantas coisas… professora, secretária, médica, enfermeira, motorista de ônibus e até piloto de avião! O pé de figo atrás da minha casa sabe por quantos lugares viajamos, e até nos aventuramos em outros planetas, mas o retorno sempre foi seguro; o pé de figo conhecia o caminho de volta.

Por-que-brincar-é-a-melhor-coisa-do-mundo

Foto Ilustrativa: jacoblund by Getty Images

E não foi só isso: fui bombeira, construí casas, fui modelo, apresentadora de TV e tantas coisas que a lista só aumentaria. Adorava sair para trabalhar com meu pai e imaginar que, quando crescesse, trabalharia com ele. Ah, quantas coisas eu imaginei!

A arte de brincar

Penso que o segredo para manter viva a criança dentro de nós é manter viva a capacidade de imaginar que podemos ir além do que a nossa condição atual nos permite.

O pé de figo nunca me impediu de fazer as viagens mais emocionantes e cheias de adrenalina que eu pudesse imaginar. Então, não deixe de incentivar seus filhos a usar a imaginação e voar o mais alto que puderem.

É brincando que criança aprende, brincando que se resolve. Imaginando, criando. É brincando que elas descobrem o que querem, o que são e o que podem ser. Brincando elas resolvem conflitos, aprendem a entender o outro e até a colocar-se no lugar do outro.

Leia  mais:
.: Como restaurar a educação na família?
.: Por que, no batismo, consagrar a criança a Nossa Senhora?
.: Será que meu filho está se tornando uma criança agressiva?
.: Rotina é coisa de criança? 

Ative a imaginação das crianças

Quando Jesus disse aos adultos “Deixai vir a mim as criancinhas”, ele estava no meio do seu trabalho, no meio de uma pregação, e para Jesus era também uma oportunidade de apresentar a elas e aos adultos a possibilidade de imaginar coisas ainda maiores. As crianças são especialistas em imaginação, e Jesus sabia que para elas talvez fosse infinitamente mais fácil compreender algumas das palavras de Jesus do que para aqueles adultos “sabidos” .

Jesus, em outras palavras, disse aos adultos: deixai vir a mim as criancinhas que ainda estão aí dentro de vocês, capazes de imaginar coisas muitos superiores. E completa: “o Reino do Céus pertence aos que se tornam semelhantes a elas”.

O Reino dos Céus é um lugar feito para aqueles que têm um coração de criança, um coração aberto e puro, capaz de não colocar limites nas possibilidades, pois o seu Rei e Senhor é o princípio e o fim de tudo, de todas as coisas como professamos no Credo niceno-constantinopolitano: “Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso, criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis”. Você consegue imaginar isso? Pois é, precisa ter, no mínimo, uma cabeça aberta e criativa como as crianças.  Bom, esse é o meu convite a você neste mês em que celebramos o Dia das Crianças, que você faça uma nova experiência do amor de Deus, que espera que você vá ao Seu encontro com o criança sem reservas, e com sede de conhecê-Lo ainda mais.

Feliz Dia das Crianças!

banner pais e filhos


Carla Picolotto

Carla Picolotto, é natural de São José das Missões-Rio Grande do Sul membro da Canção Nova desde 2009. Passou pelas missões do Rio de Janeiro- RJ, Fortaleza- CE, além de Cachoeira Paulista-SP e Lavrinhas-SP atua hoje na missão de Queluz- SP na Equipe de Formação do Discipulado, que corresponde ao segundo ano do período de Averiguação de ingresso das novas vocações à Canção Nova.

comentários