Fidelidade

Seja espelho dos ensinamentos de Jesus para as outras pessoas

Aprenda que os ensinamentos deixados por Jesus contribuem com a evangelização

“Daqui a quarenta dias, Nínive será destruída” (Jn 3,4b). Essa foi a pregação de Jonas, que converteu todo um povo de uma grande cidade. Apenas algumas palavras, nada mais. Nada de grandes discursos nem falas eloquentes. Uma simples frase e o profeta conseguiu que uma cidade inteira se convertesse a Deus. Diga-se de passagem, a cidade era grande mesmo! A própria Palavra de Deus nos diz que Nínive era uma grande cidade, sendo preciso três dias para atravessá-la. Ele passou um dia inteiro pregando a mesma coisa: “daqui a quarenta dias, Nínive será destruída” (Jn 3,4b).

Essa simples frase, levada aos ninivitas por esse profeta, causou tanto efeito nos moradores da cidade, que se espalhou rapidamente. O trabalho que Jonas deveria fazer, em três dias, ele o fez num só, pois a força das suas poucas palavras era tanta, que se triplicou. Até o rei ficou sabendo dessas palavras, as quais também lhe causaram um enorme resultado, a ponto de ele publicar um decreto no qual todos os moradores da cidade deveriam se penitenciar, jejuar e voltar-se para Deus, para que Nínive não fosse destruída.

Com certeza, a razão de as palavras do profeta terem convertido tantas pessoas tão rapidamente foi a simplicidade do arauto em transmitir com fidelidade a mensagem divina.

Propagar a mensagem de Deus

Jonas não se preocupou em preparar um grande e bonito discurso. Ele se preocupou em fazer conhecer a mensagem que o próprio Deus ordenou que ele transmitisse ao povo daquela cidade. Essa é a pregação que converte. A pregação do profeta precisa ser a mensagem de Deus e nada mais. O que tiver além da mensagem divina é enfeite, e esse enfeite pode atrapalhar em vez de ajudar. Assim como ocorre para muitas pessoas, que, ao se arrumarem para ir a alguma festa, ficam tão preocupadas em se apresentar bonitas, que acabam exagerando nos adornos, enchendo-se de “badulaques” e pinturas, de forma que perdem a beleza natural que têm, escondendo-a com os enfeites e supérfluos. No caso dessas pessoas, os enfeites e a maquiagem devem servir para realçar a beleza natural delas e não para escondê-la ou atrapalhá-la.

Certa vez, precisei fazer um pedido de estágio para a diretora de uma escola, uma mulher muito mal-educada e grosseira. Quando entrei na sala dela, nem tive tempo de dizer do que se tratava a minha visita de tão mal que fui tratado. Ainda bem que uma das professoras da escola resolveu minha situação. Mas não fiquei satisfeito. Era fim de ano, o Natal se aproximava, e eu não conseguia admitir aquele tratamento. Antes de ir embora da escola, voltei à sala daquela diretora, abri a porta, ela olhou com raiva novamente para mim. Eu, por minha vez, dei um sorriso e lhe disse: “Feliz Natal!”. Dito isso, fechei rapidamente a porta e saí ligeiro, sem lhe dar chance de qualquer reação.

Leia mais:
.: As parábolas de Jesus são ensinamentos para a vida
.: Evangelizar é propor uma nova realidade
.: Misericórdia em três gestos de amor
.: O valor dos pequenos gestos

Gestos que transformam

Dias depois, encontrei-me com a professora, que havia me ajudado, e ela me relatou os efeitos daquela simples frase. Ela encontrou a diretora chorando em seu gabinete. Esta, em meio às lágrimas, desabafou com ela sobre tudo o que estava vivendo, inclusive, sobre as pressões na escola naquela época de fim de ano, tempo tão exigente para quem exerce a profissão de educador.

Segundo aquela professora, os dias que se seguiram àquele desabafo e choro foram mais suaves para aquela diretora, que passou a desejar ‘Feliz Natal’ a todos, e não mais a tratar as pessoas com amargura e falta de educação. Apenas duas palavras: “Feliz Natal”. Deus se utiliza de tudo o que oferecemos a Ele, e nós não temos noção do que nossos mínimos atos e palavras podem realizar na vida de uma pessoa, muito menos temos consciência da força de propagação que tudo isso tem.

Simples como um “Feliz Natal”, um “Bom-dia” ou ainda um “muito obrigado” deve ser a transmissão da mensagem de Deus. Preocupe-se com a mensagem em si e não com os adornos que você pode colocar nela. Lembre-se: o que nos faz mudar a direção das circunstâncias são as palavras que Deus nos inspira a proclamar, por mais simples que elas possam ser.

Caso você sinta a necessidade de colocar algum enfeite, que este seja para destacar ainda mais a beleza e a força das palavras do Senhor e não para ofuscá-las.

Seja fiel à mensagem de Deus

A fidelidade do profeta Jonas à mensagem divina precisa aumentar em nós a fé na força de propagação e de conversão da Palavra de Deus. E aí está o segredo para que nossas palavras, as quais acreditamos ser inspiração de Deus, convertam os outros e nós mesmos com rapidez e força: a fidelidade!

Fidelidade à mensagem que Deus nos confia. Fidelidade na transmissão dessa mensagem. Sobretudo, fidelidade à aliança que o próprio Senhor firma conosco quando nos chama para a missão.

Deus nos abençoe!


Denis Duarte

Denis Duarte é graduado em letras, especialista em Bíblia e mestre em Ciências da Religião. Professor e vice-diretor da Faculdade Canção Nova.

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.