As armas contra o inimigo

O demônio constrói obstáculos para nos afastar de Cristo

O demônio não pode ter poder sobre nossa decisão de seguir Cristo

Muitos cristãos, ao tomarem a decisão de seguir ao Senhor, pensam que terão uma vida mais tranquila. Mas, na verdade é ao contrário, pois o demônio não tem interesse em atacar os que não são seguidores de Cristo. Até mesmo os santos foram perseguidos. O interesse do maligno é colocar obstáculos na vida daqueles que decidiram seguir o Senhor.

Isso não é motivo de nos levar a uma crise e não temos motivo para temer o inimigo, pois ele já foi derrotado. O demônio é que tem de ter medo de você e, a razão é simples: nós somos filhos e filhas de Deus, herdeiros do Reino. O maligno tem muita raiva, porque aquilo que foi dado a ele uma vez, agora é dado a nós. Ele tenta nos enganar de várias maneiras, mas tem uma técnica que ele usa frequentemente para nos atacar: é o desânimo, o desencorajamento. O desânimo não vem de Deus, sempre vem do inimigo, daquele que nos faz desistir de ir em frente.

O demônio constrói obstáculos para nos afastar de Cristo

Foto Ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

Vamos olhar para São Pio de Pietrelcina. Quando um analista do Vaticano disse que ele era um psicopata, esse santo entrou numa crise tremenda. Ele olhou para seus estigmas e se questionou se tudo era falso. Madre Teresa de Calcutá, em seu leito de morte, também viveu uma grande crise ao sentir o amor de Deus longe dela. O bispo teve de enviar um exorcista até ela e convencê-la de que aquele sentimento não vinha de Deus.

Crises espirituais

É muito normal que, também, nós vivamos esses momentos de crise. Seguir Jesus num momento de entusiasmo é fácil, mas continuar seguindo-O nos momentos de sofrimento é difícil. O inimigo virá tentá-lo quando você estiver se sentindo fraco, cheio de medos, com raiva, ansiedade, tristeza. É nosso papel lutar contra essas táticas que ele usa para nos desanimar. A tática que ele também utiliza é de nos apresentar meias verdades, porque o demônio é um mentiroso, enganador, trapaceiro. Ele nos apresenta algo que parece muito bom, quando, na verdade, é muito ruim.

O maligno diz que por causa dos seus pecados, você não consegue fazer nenhuma tentativa para ser mais santo. Muitas vezes, nós pensamos que as tentações são somente relacionadas ao sexo, à raiva, aos sentimentos de ódio. Essas são grandes tentações. Mas, temos de estar atentos a uma grande tentação que é de não fazer a vontade de Deus.

O inimigo faz de tudo para que nós saiamos do caminho da vontade do Senhor. Ele ousou tentar Jesus a desobedecer ao Pai, quando O levou ao alto do monte e mostrou-Lhe as cidades, dizendo que elas pertenciam a Ele [Jesus]. A tentação com a qual o demônio tentava a Cristo era muito atraente. O Pai dizia para o Filho ir para a Cruz e o inimigo pedia que Ele desobedecesse ao Pai e tomasse posse daquelas cidades. Mas, Nosso Senhor Jesus Cristo diz: “Afasta-te de mim, satanás. Eu adoro somente ao Pai”.

Leia mais:
.: A Eucaristia é a fonte de cura
.: A vitória sobre o mal
.: Ironi Spuldaro faz uma oração de quebra da maldição
.: Como podemos nos proteger doas ataques do inimigo?

O poder da Eucaristia

Irmãos e irmãs, será uma luta até o fim de nossa vida, mas se nós usarmos as armas não precisaremos ter medo nenhum. A primeira arma é a Eucaristia. O inimigo treme diante da Eucaristia, porque ela é sinal de humildade. Jesus quis, por um momento, aniquilar a Si mesmo, entrando nas espécies do pão e do vinho para ficar perto de nós. Uma outra arma forte contra o inimigo é o Sacramento da Confissão. Este sacramento é mais poderoso do que a própria oração do exorcismo.

Agarre-se a Virgem Maria

Momentos de desânimo podem acontecer em nossas vidas. Quando isso acontecer se agarre a Virgem Maria. Um jovem teve uma visão na qual ele precisava construir uma barco para atravessar o oceano. Enquanto ele construía esse objeto, as pessoas diziam que ele não iria conseguir e que ele não conseguiria vencer a fúria do mar. Até que, aquele rapaz, terminou de construí-lo e começou a remar em direção à longa jornada no oceano. Pois, um amigo disse a ele: “Meu amigo, tenha coragem. Seja forte!”. E, aquele jovem, olhou somente para aquele homem que dava força para que ele continuasse. E, toda vez que ele sentia o desânimo se aproximar, ele se lembrava daquelas palavras do amigo.

Muitos poderão nos chamar de doidos, de loucos, mas há uma Mãe que grita em nossos ouvidos: “Boa viagem, meu filho(a)! Não tenhais medo do inimigo. Não desanimem porque a vitória é nossa. Uma vez que, Jesus Cristo derrotou o inimigo, com o Senhor nós também o derrotaremos”. A Santíssima Virgem Maria nos diz hoje: “Eu estarei com vocês. Não tenham medo. Vão em frente. Vocês serão vencedores!”.

Rogue pela intercessão da Mãe, clamando: “Maria, nós cremos em Ti, porque Tu és a nossa Mãe”. Nenhuma mãe deixará o filho em perigo sem dar a ele uma mão, sem ajudá-lo. Maria, sabemos que Tu estás conosco e, por causa de Ti, nos sentimos seguros.

Nossa Senhora nos diz: “Faça tudo o que Ele lhe disser. Vá em frente. Não desanime!”. Lembre-se das palavras de Jesus: “Eu sou, porque nada é impossível para aquele que crê”.

Frei Elias Vella

comentários