sofrimentos

Confira três princípios espirituais contra as tribulações

Diante das tribulações e sofrimentos os cristãos precisam ter três princípios espirituais.

Primeira lei espiritual:

“Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus”. Quando você luta contra a tribulação, você não desanimará nem se afastará de Deus (cf. Rom 8, 28s). Segundo o propósito de Deus as coisas acontecem em nossa vida, não segundo os nossos planos e nosso querer. É preciso esperar no Senhor, esperar com esperança, com confiança. Muitos esperam desconfiando do Senhor, e essa não é a maneira certa.

Se nós somos pessoas de fé, mesmo que pareça difícil, acreditamos que Deus cuida de nós. Não há problema que possa ser maior que o Todo-poderoso. Aos olhos do Senhor nós fomos feitos sem defeito, sem manchas, bonitos. “Tudo concorre para o bem de quem ama a Deus” (II Cor 4;16-18). Cristão não desfalece, não perde o ânimo.

Quando vivemos muitas pressões, o nosso homem exterior não aguenta, mas se estamos bem interiormente, mesmo na dor, aguentamos. O nosso interior não pode ser cheio de coisas velhas, de ressentimentos. Mas deve ser repleto do Espírito Santo. Não durma guardando ressentimento de alguém, mas ore por quem o feriu e seu coração será livre.

Segunda lei espiritual:

“Nossa tribulação é momentânea e ligeira”. Os sofrimentos, por mais duros que sejam, passarão. Se você quer receber a glória de Deus, saiba que Ele o está adestrando para você suportar. Quando você sair de um sofrimento, você sairá bem melhor. Deus lhe dará o melhor, se aguentar com fé. Se você quer receber a glória de Deus, saiba que Ele o está adestrando para você aguentar.

Terceira lei espiritual:

“Nos gloriamos das tribulações”, São Paulo dizia que se via cheio de glória até na tribulação. Nós podemos ver de duas formas: “Ver problema onde tem bênção” ou “Ver bênção onde tem problema”. Que tipo de pessoa você é? Benditas sejam as provações, cada tribulação nos vale muito a pena, pois, por meio dela, o Altíssimo nos mostra o que Ele quer para nós. O poder de Deus nos liberta do homem velho que exige sempre os seus direitos.

É bom ter pessoas que digam que nos amam, mas só nos ajudam a crescer pessoas que pegam em nosso pé, que quebram o nosso orgulho. Ajudamos mais quando fazemos o outro a sair de si e dando o melhor de nós do que apontando seus defeitos. Quem se reveste da glória de Deus, na tribulação consegue superar as dificuldades. Até as pessoas ao seu redor ficarão felizes, verão o seu testemunho.

Abraão foi um homem de fé e não vacilou, ele estava convencido de que Deus é fiel. Esteja convencido de que o Senhor é fiel e poderoso para cumprir o que prometeu. Ele nos deu Suas promessas, tem muita coisa boa para mostrar, mas Ele se revela por meio dos sofrimentos, por isso, não amaldiçoe seus problemas, porque não há dificuldade e perseguição que Deus não possa reverter em bênção.

Dê oportunidade para o Todo-poderoso abençoá-lo hoje. Diante do problema não olhe para a sua fraqueza, mas para a grandeza de Deus. O único que vai permanecer é o Deus fiel e poderoso! Agarre-se nesta palavra que o Senhor lhe deu hoje: Ele é fiel e poderoso, e levará até o fim a obra que começou.

Equipe de Colunistas do Formação

banner espiritualidade

comentários