São João Crisóstomo

As cinco vias de penitência

São João Crisóstomo nos apresenta cinco vias de penitência

Podemos viver uma vida intensa de oração e penitência sem mudar o ritmo de nossa vida, que precisa ser de oração constante, uma vida plena com o Senhor. Temos de pegar as coisas ordinárias do dia a dia e transformá-las em extraordinárias. São as pequenas coisas que fazemos que nos santificam. Não precisamos viver em um mosteiro nem ser um religioso para criarmos uma profunda intimidade com Deus.

As cinco vias de penitência

Foto ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

São João Crisóstomo mostra que, na simplicidade de nossa vida, podemos viver a penitência. Assim ele nos apresenta cinco vias de penitência:

1ª) Reprovação do pecado

Todos os dias, precisamos renunciar ao pecado e a tudo o que nos leva a pecar. Precisamos buscar viver o PHN (Por Hoje Não vou mais pecar).

2ª) O perdão das faltas do próximo

Precisamos viver o amor e perdoar os nossos irmãos assim como Deus nos perdoa todos os dias. Precisamos viver o que diz a Palavra: ‘Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem! Assim vos tornareis filhos do nosso pai que está nos céus’ (Mt 5,44-45).

3ª) A oração

Viver uma vida de oração na simplicidade – em casa, no trabalho, na escola – é estar com a mente e o coração em Deus. “Com toda sorte de preces e súplicas, orai constantemente no Espírito” (Ef 6,18).

4ª) A Esmola

Temos de viver a caridade para com o seu próximo, tanto espiritual como material. ‘Tu, porém, quando deres esmola, não saiba tua mão esquerda o que faz a direita, de modo que tua esmola fique escondida. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa’ (Mt 6,3-4).

5ª) A Humildade

A humildade eleva o homem a Deus. Reconheçamos que sem Ele você não podemos nada, e que, por meio de nossa pequenez, Deus será exaltado. “Quanto mais fores grande, tanto mais é preciso que te humilhes, e encontrarás graça diante do Senhor” (Eclesiástico 2,18).

Seja santo!

Padre Reinaldo da Silva
Missionário da Comunidade Canção Nova

comentários