Retiro Popular - 30 de março

QUINTA SEMANA DA QUARESMA

O pão da palavra

Quem experimenta o perdão torna-se missionário, levando a Boa Nova às outras pessoas.

Dia 30 de março, sexta-feira: Filipenses 1,3-30

“A maior parte dos irmãos, ante a notícia da minha prisão, recobrou nova confiança no Senhor e maior entusiasmo em anunciar sem temor a palavra de Deus”. É uma escola de coragem e desassombro.

Quarenta dias “de joelhos”

“Mal acabavam de rezar, tremeu o lugar onde estavam reunidos. E todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciaram com intrepidez a palavra de Deus” (At 4,31). Na oração, precisamos pedir o que é mais importante:o dom do Espírito Santo. Discípulos e Missionários de Jesus Cristo, Caminho,Verdade e Vida, para que nossos povos tenham nele a vida. Participemos juntos, com a força da Páscoa, do grande mutirão da missão!

-Participar da Missa Dominical juntamente com sua família, preparando também a Semana Santa.

-Fazer a Via-Sacra na terça e na quinta-feira, com o texto proposto.

– Rezar a cada dia o Salmo 31:

– Feliz o homem que foi perdoado, e cuja falta já foi encoberta! Feliz o homem a quem o Senhor não olha mais como sendo culpado, e em cuja alma não há falsidade!

– Eu silenciei meu pecado, dentro de mim definhavam meus ossos e eu gemia por dias inteiros, porque sentia pesar sobre mim a vossa mão, ó Senhor, noite e dia; e minhas forças estavam fugindo, tal como a seiva da planta no estio.

– Eu confessei, afinal, meu pecado, e minha falta vos fiz conhecer. Disse: “Eu irei confessar meu pecado!” E perdoastes, Senhor, minha falta.

-Todo fiel pode, assim, invocar-vos, durante o tempo da angústia e aflição, porque, ainda que irrompam as águas, não poderão atingi-lo jamais. Sois para mim proteção e refúgio; na minha angústia me haveis de salvar, e envolvereis a minha alma no gozo da salvação que me vem só de vós.

-“Vou instruir-te e te dar um conselho; vou te dar um conselho a seguir, e sobre ti pousarei os meus olhos: Não queiras ser semelhante ao cavalo, ou ao jumento, animais sem razão; eles precisam de freio e cabresto para domar e amansar seus impulsos, pois de outro modo não chegam a ti.”

– Muito sofrer é a parte dos ímpios; mas quem confia em Deus, o Senhor, é envolvido por graça e perdão. Regozijai-vos, ó justos, em Deus, e no Senhor exultai de alegria! Corações retos, cantai jubilosos!

O Jejum

Lá no fundo do coração, há um passo a ser dado, que depende de sua liberdade e decisão. Para dá-lo, propomos o “jejum do coração”: renunciar aos ressentimentos e mágoas da vida passada. “Vai e não peques mais” (Jo 8,10-11). Diante das eventuais feridas, tomar a forte decisão de amar as pessoas e situações, como bálsamo que restaura vidas. Não se trata apenas de uma pretensão humana, mas decidir-se a amar com o amor do próprio Deus. E este amor é eterno, posto à nossa disposição como graça.
Você verá que a cura que se realiza em seu interior “contagia” também sua família e outras tantas pessoas. E o mundo fica melhor!

Quaresma de caridade

Participar da coleta da Campanha da Fraternidade em sua paróquia.

:: Saiba como fazer o Retiro Popular

Extraído do livro “Crê no Senhor Jesus e serás salvo” (Retiro Popular 2007) de Dom Alberto Taveira Corrêa

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.