Que lugar estamos ocupando?

Qual é o lugar que nós estamos ocupando na vida? O que Deus reservou para mim desde a minha concepção?

Deus já sonhou conosco, já pensou em nós. Jesus não quer que ocupemos qualquer lugar de qualquer jeito, mas cada um deve estar no seu devido espaço.

Contudo, percebemos que muitas vezes nós nos perdemos ao longo da estrada da vida. Começamos a acumular, no nosso coração, valores que não são nossos, um jeito que não é nosso. E começamos a querer viver de outra maneira que não é aquela que Deus sonhou para mim e para você. E quantas pessoas estão perdidas no lugar errado: na droga, na prostituição, nas mágoas, esquecendo-se de quem elas, de fato, são.

O nosso lugar é assumir o espaço que o Senhor reservou para nós. Quando nós nos perguntamos qual é o lugar que devemos ocupar na vida, isso é um ato de profunda humildade, segundo o coração de Deus. Eu só posso ser pessoa em Deus, eu só posso existir em Deus, quando reconheço que vim d’Ele, as minhas origens e que é preciso voltar para Ele.

Muitas pessoas ficam se iludindo, dando desculpas para o Senhor, querendo ficar na superficialidade. Não posso mais ter medo de dizer que meu coração é de Deus. Quando assumo essa realidade, então eu consigo romper com tudo aquilo que o mundo oferece como padrão de vida, padrão de beleza.

Muitas pessoas já não se veem como imagem e semelhança de Deus, mas querem ser como as personagens que são mostradas em apelos na TV. Apelos de como viver bem com os outros, de que se não tivermos a amizade de tais pessoas, então estaremos fora do grupo. Muitas vezes, nós esquecemos quem somos, querendo ocupar os espaços de outras pessoas, e deixando que outros ocupem o nosso espaço.

Quantas e quantas vezes carregamos coisas que deveríamos deixar lá atrás… E quantas vezes estamos carregando a cruz que não é de Nosso Senhor, presos a fatos, a mágoas e a grandes fardos que carregamos em nossas costas.

Quantos casais que encontramos que não têm humildade de romper com as diferenças. Quantos religiosos machucados, feridos por não terem coragem de dizer ao Senhor: “Senhor, eu preciso recomeçar! Eu não posso mais levar o peso da minha existência”. É preciso romper com aquilo que nos impede de sermos a imagem e semelhança de Deus!

Muitas vezes caímos na tentação de olhar o mundo com as nossas limitações, com os nossos erros, fixando os nossos olhos naquilo que fizeram conosco no passado.

Viver uma felicidade plena é romper com tudo aquilo que nos sufoca e nos prende. É querer sermos nós mesmos e nada mais: assim seremos felizes. E para reassumirmos essa realidade é preciso pedir o Espírito Santo de Deus.

“Senhor Jesus, eu quero assumir o meu espaço na minha vida”.

Ouça a pregação que originou esse artigo

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.