amor pela juventude

4º dia da Novena a Dom Bosco

Dom Bosco e o amor pela juventude

Oração a Dom Bosco

São João Bosco, Pai e Mestre da juventude, dócil aos dons do Espírito e aberto às realidades do teu tempo, foste para os jovens, sobretudo humildes e pobres, um sinal do amor e da predileção de Deus.

Sê nosso guia no caminho de amizade com o Senhor Jesus para podermos perceber n’Ele, no Seu Evangelho, o sentido da nossa vida e a fonte da verdadeira felicidade.

Ajuda-nos a corresponder com generosidade à vocação que recebemos de Deus, para sermos, na vida cotidiana, construtores de comunhão, e, em comunhão com a Igreja inteira, colaborarmos com entusiasmo na edificação da civilização do amor.

Obtém-nos a graça da perseverança na vivência da vida cristã em grau elevado, segundo o espírito das bem-aventuranças; e faze com que, guiados por Maria Auxiliadora, possamos encontrar-nos um dia contigo na grande família do céu.
Amém.

Sugestão de Leitura Bíblica: Eclesiastes 11, 9 – Alegre-se, jovem, na sua mocidade!

Medite com Ana Lúcia:

Meditação

8 de Dezembro de 1841. Dom Bosco prepara-se para a Missa na igreja de S. Francisco de Assis. Entra na sacristia um rapazola. O sacristão, julgando tratar-se de algum valdevinos, põe-no na rua à vassourada. Mas Dom Bosco intervém:

Que modos são esses? Arruma a vassoura!
Por que reverendo?
Porque é um amigo meu.
Se assim é. resmungou o sacristão, e foi chamar o rapaz.

Este volta comprometido. Tem o cabelo rapado e o casaco sujo de cal. Um rapaz da província. Ao sair de casa, os pais tinham-lhe recomendado que, em Turim, não deixasse de ir à Missa. Mas ele se sentia envergonhado em ir para o meio das pessoas bem vestidas. Dom Bosco dirige-lhe umas palavras amáveis e pede-lhe que espere um pouco depois da Missa, porque tem uma coisa muito importante a dizer-lhe. Terminada a Missa, leva-o a um canto da igreja e, de sorriso nos lábios, pergunta-lhe:
Meu bom amigo, como te chamas?
Bartolomeu Garelli, de Asti.
Ainda tens pai?
Não, já morreu.
E mãe?
Já morreu também.
Quantos anos tens?
Dezesseis.
Sabes ler e escrever?
Nem uma coisa nem outra.
Sabes cantar?
Não.
E assobiar?
Isso sei e sorriu.
Dom Bosco continua: Já fizeste a primeira comunhão?
Ainda não.
E já te confessaste alguma vez?
Sim, quando era pequeno.
E vais à doutrina?
Não me atrevo. Os rapazes mais pequenos fazem troça de mim.
E se fosse eu a explicar-te a doutrina, vinhas?
Com todo o gosto.
Pode ser aqui mesmo?
Sim, contanto que não me batam.
Fica descansado, agora és meu amigo, e ninguém te fará mal. Quando vamos começar?
Quando o senhor quiser.
Agora mesmo?
É só o senhor querer.
Dom Bosco se ajoelha e reza uma Ave-Maria. Naquele momento, nasce o Oratório, começa o grande apostolado de Dom Bosco entre os jovens.

Oração do dia

Oh Dom Bosco Santo, pelo amor com que amastes a juventude e lhe fizeste de Pai e mestre, e pelos heroicos sacrifícios que fizestes por sua salvação; fazei que, também, nós, amemos com um amor santo e generoso a esta porção eleita do Sagrado Coração de Jesus, e que em todo jovem contemplemos a pessoa adorável de nosso divino Salvador.

Confira também:
::3º dia da Novena a Dom Bosco

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.