Comece o ano perdoando

Comece o ano perdoando! Um perdão largo, abrangente, de modo que possa abraçar toda a sua vida, as pessoas que circundam sua história hoje e no passado, as circunstâncias que frustraram planos, emoções e você mesmo. Perdoe as pessoas! Todas elas: as de hoje, de ontem e até seus antepassados; gente que você nem conhece, nem nunca ouviu falar e que, de alguma maneira, estancou o fluxo do amor em sua vida!

Perdoe e se reconcilie com provações, situações inaceitáveis, mas que podem ser perdoadas; coisas que provocam raiva, vontade de esganar alguém e, falsamente, encontrar alívio. Perdoe-se para ter saúde e ser feliz, para ter a pele mais limpa e suave, diminuir as rugas e desfranzir a testa, para cultivar o sorriso e ter as portas da vida abertas!

Perdoe para simplificar assuntos confusos e tranqüilizar gente ansiosa demais. Perdoe para ser feliz, reclamar menos, elogiar com sinceridade, fazer mais silêncio e ter mais criatividade. Perdoe e faça do perdão um exercício contínuo, diário, repetitivo, decidido, ação teimosa, destemida e até contestadora; para se desfazer da mania de ter razão e a última palavra. Perdoe, porque quem perdoa sabe o que é paz!

Comece o ano perdoando e reconcilie-se com a vida, com tudo e com todos. Porque perdão é coisa divina, ensinada por Deus desde que resolveu enviar Seu Filho Jesus Cristo para morrer por nós, pecadores, e assim, nos reconciliar com os céus e a eternidade.

Perdoe-se também! Para destravar a vida, respirar com força e com tudo de bom. Perdoe-se para se experimentar pobre, rezar de mãos vazias, reconhecer sua impotência e a soberania de Deus; para parar de falar sozinho e reclamar com as paredes, calçadas e pensamentos. Perdoe-se para aprender a se reconciliar com os fatos que a gente jamais pensou ter de enfrentar; para rezar de joelhos, reconhecer seus fracassos e ouvir Deus dizendo que o ama mesmo assim!

Perdoe culpado, sem culpa, querendo ou não; perdoe porque no perdão Deus sempre está e – mais anda – perdoe, porque não haverá ano novo se não houver perdão! Comece você!

Comece o ano perdoando!

Assista Ricardo Sá fala sobre o desafio de perdoar

Veja também:
:: Comunidade.CN – Eu acredito na família
:: Blog Ricardo Sá
:: Mensagem diária de Ricardo Sá
:: PodCast de Ricardo Sá

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.