A vida tem o valor que lhe damos

Tenho aprendido o quanto vale a vida e que ela é tão fugaz como a brisa matinal.

Cada minuto é precioso para Deus e para mim, por isso, a cada dia preciso ter disposição de ser diferente, de olhar as coisas por um outro ângulo e, acima de tudo, não perder de vista as surpresas que me são oferecidas desde o momento em que desperto.

Hoje, compreendo que o céu é minha meta, não posso tirar os olhos dele. Quando me desvio, por qualquer motivo, colocando meus olhos em algo ou em alguém, com certeza vacilarei e poderei sofrer uma grande queda se não voltar atrás.

São Tomás de Aquino diz: “Deus não quer que confiemos nas criaturas porque não quer que coloquemos nelas nosso amor”.

Colocar minha esperança só em Deus, hoje, é ter cada vez mais consciência de que minha vida é regida por Ele, e o Seu amor é o que me sustenta. É no Senhor que está minha confiança e meu sustento, é somente em Deus que minha meta será alcançada.

A vida é breve e precisa ser vivida com coerência. Sei que hoje preciso ser melhor que ontem, olhar para frente, e tentar ser melhor a cada dia. Se me prendo ao passado não dou passos, pois assim fico sujeita às marcas profundas que podem me fazer cair num profundo desalento.

O sentido da vida quem dá somos nós mesmos, em cada situação vivida vamos compreendendo o seu valor. É preciso buscar dentro de nós a força que nos empurrará para frente. Dar qualidade à vida preciosa que Deus nos deu!

Se parar para ver onde estamos, com certeza este é o lugar em que precisamos dar tudo de nós para nos santificar. É onde necessitamos fazer valer a pena a nossa vida e as das pessoas que estão ao nosso redor.

Quanto vale uma vida, você já parou para pensar nisso? Será que somente alguns amigos para curtir a vida, as nossas vontades feitas, um bom trabalho e sonhos realizados é tudo?

Não, nossas vidas valem muito mais que isso… Nossas vidas valem o preço de um Sangue real! Valem a dor e a angústia de Alguém que, tendo tudo para ser rei, escolheu no seu tempo terreno ser pequeno e dar a vida por nós.

Deus, muitas vezes, nos proporciona pararmos um pouco para que assim possamos escutá-Lo melhor.

Depois de um acidente pude perceber que a vida é como um piscar de olhos, em uma hora estamos rindo e vivendo em plenitude, e em poucos instantes uma luz forte nos ofusca o rosto, perde-se a noção de tudo… Acabou.

Então, você abre os olhos e percebe que a Divina Providência o livrou, e Deus lhe deu mais uma chance de ser melhor. Quando se toma consciência disso, se passa a olhar as coisas de forma diferente, colocando-lhes um novo ângulo, daí percebemos que não somos nada e que dependemos somente do Senhor para continuar a existir.

Aprendi a ser feliz porque tudo é um breve segundo que passa e quando nos damos conta já se foi… A vida tem o valor que lhe damos.

Encerro com este pensamento de santo Afonso de Ligório: “Uma pessoa que ama muito a Jesus Cristo, enquanto vive neste mundo, não deixa de desejar e esperar ir logo para o céu a fim de unir-se com seu amado Senhor”.

Ainda é tempo de repensar na vida, lembre-se que: “Na outra vida não há tempo para praticar as boas ações nem motivos para merecimentos” (II Cor 5).

Da mesma autora:
:: Aprendendo a cultivar…

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.