Ser presente

Há dias em que a gente acorda com uma saudade tão grande no peito, que aperta tanto…

E então, vêm à mente pessoas que passaram pela nossa vida e que nos marcaram, muitas vezes, de uma forma tão singela. Essas recordações tornam a vida mais saborosa. Elas nos mostram que vale a pena viver cada momento como se fosse o último; nos ensinam que não podemos desperdiçar as oportunidades que temos em conhecer alguém e desbravar o mistério que é o outro…

Hoje é um dia desses… E me vem no coração o nome de tantas pessoas que entraram na minha vida e fazem parte da minha história… Vem aos meus pensamentos a imagem de cada uma, os momentos em que passamos juntos… Os meus olhos começam a ficar cheios de lágrimas, porque algumas eu já não as tenho perto. Também porque o que eu vivi foi muito bom.

Ainda bem que a gente pode recorrer à saudade… A vida, muitas vezes, torna-se cansativa, e se não nos cuidamos, corremos o risco de achar que ela é só isso. Ela é MUITO mais que isso!

Uma vez minha mãe foi internada porque teve um enfarto. Foi um acontecimento triste. Porém, o que ficou pra mim deste fato não foi a doença, mas as pessoas que visitavam a minha mãe. Era muita gente. Percebi ali que o mais importante é passar pela vida do outro e, de alguma forma, marcá-la. Minha mãe entendeu muito bem isso. As pessoas que a visitavam foram marcadas por ela.

A gente não vai ver quem a gente não gosta, não é mesmo? Naquele dia, eu pedi a Jesus que me concedesse a graça de passar pela vida do outro e de ser presença, mesmo que eu não diga nada. Mas pelo simples fato de eu estar ao lado que o outro sinta que não está sozinho.

Sei que não sou exemplo, mas hoje me esforço para ir ao encontro do outro, porque entendi que quem Deus coloca ao meu lado vai me ensinar muito. Que você possa passar hoje na vida de alguém e também marcá-la…sendo presença, descobrindo o tesouro que é o outro!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.