MENINO JESUS

A mística do Natal

Qual é a importância que você dá para o Natal? Por muitos anos na minha vida, eu dei uma importância normal ao Natal. Minha família sempre foi católica praticante, então, montar a árvore, o presépio, ir à Missa do Galo, festejar na ceia de Natal, trocar presentes sempre fizeram parte da nossa rotina nesta noite festiva.

No entanto, como eu acredito que a espiritualidade não cresce de uma hora para outra, ela vai acontecendo passo a passo, degrau por degrau. Assim foi comigo na questão da espiritualidade do Natal.

Quando eu entendi que o verdadeiro sentido do Natal era viver de fato a chegada do menino Deus no mundo, por alguns anos eu aboli a doação de presentes, pois eu tinha entendido que o maior presente que Jesus quer neste dia memorável era a minha vida e a de todos que eu amo. Porém, infelizmente, muitos tinham esquecido essa verdade e tornado essa data apenas uma oportunidade para vender e comprar presentes. E, quando chegava a hora dos presentes, eu dizia a todos que meu maior presente era entregar nas mãos de Jesus, pelas orações, o coração de cada um.

Muitos não gostavam, nada; nada…

A mística do Natal

Foto ilustrativa: PaoloGaetano by Getty Images

O primordial do Natal é a sua mística: o Espírito que traz a graça de Jesus Cristo a nós

Depois, entendi que poderia fazer as duas coisas…Mas estava livre para dar presentes ou não, porque esse costume não era o primordial no Natal, apesar dos Reis Magos terem dado presente para Jesus, que, aliás, tem mais sentido espiritual do que material. O ouro: simboliza a Realeza de Cristo; o Incenso: representa a sua Divindade; e a Mirra: simboliza a sua humanidade.

Atualmente, faço a experiência de viver a mística do Natal. De viver a graça e a força do Espírito Santo que traz a nós a graça de Jesus Cristo; de perceber que, nessa época, tudo se renova, a esperança renasce, a alegria brota, a fé cresce e o amor se torna concreto.

Afinal de contas, Deus quis estar em meio a nós, em carne e osso. Esse fato mudou a cronologia do tempo, existe um tempo antes e depois de Cristo. E, desse modo, também a cada Natal precisamos reviver essa experiência da mística do Natal, um antes de Cristo e um depois de Cristo.

Leia mais:
.:O verdadeiro motivo do Natal
.:Quando desmontar o presépio e a árvore de natal?
.:Como preparar uma novena de Natal em família?
.:🎄 Árvore de Natal | Surgimento e significado

O Natal deve nos inspirar conversão

A cada Natal, a mulher nova precisa tomar mais espaço na minha vida, com minhas atitudes, relacionamentos. É um verdadeiro chamado à conversão.

Quando um bebê nasce numa casa, a rotina toda muda: horário de dormir, de acordar; alimentação; músicas; assepsia, enfim… Se o externo muda, imagina o interno. Se um bebê normal muda tudo, imagine quando é o Menino Deus que vem morar não somente na sua casa, como também no seu interior.

É impossível continuar com os mesmos costumes, tudo ganha um novo sentido, uma nova esperança, alegria e fé.

Deixe-se contagiar pela Mística do Natal!

banner the church


Regiane Calixto

Regiane Calixto é natural de Caxambu (MG). Membro da Comunidade Canção Nova, desde o ano de 2009, a missionária é graduada em Ciência da Computação e pós-graduada em Gestão de Veículos de Comunicação. Encontrou na tecnologia e na comunicação um grande meio para levar às pessoas o Evangelho vivo e vivido. Instagram: @regianecn

comentários