Oração de Padre Pio

Padre Pio teve uma vida dedicada à batalha contra o demônio

Padre Pio nasceu em Pietrelcina, na Itália no dia 25 de maio de 1887. É o quarto filho do casal Grazio Forgione e Maria Giuseppa Di Nunzio. Aos 12 anos, recebeu juntos os sacramentos da Primeira Comunhão e da Crisma.

Padre Pio

Desde pequeno fazia muitas penitências: deixava de brincar e ia para um lugar recolhido rezar, não comia muitas vezes o que mais gostava para fazer sacrifício. Sua mãe várias vezes o encontrou dormindo no chão.

Sua ordenação foi na cidade de Beneveto em 10 de agosto de 1910. Por motivo de Saúde, em 1916 foi para São Giovani Rotondo onde permaneceu até sua morte, no dia 23 de setembro de 1968.

Leia mais:
::Qual oração Deus quer que façamos?
::Deus vê o coração

Teve a sua vida voltada para a confissão e celebrava a Santa Missa com tanto ardor que todos que dela participava passavam por uma profunda conversão.

Padre Pio passou por grandes experiências com os santos anjos e São Miguel. Teve visões de Jesus, Nossa Senhora e o seu anjo da guarda. Travava batalhas com o demônio, onde muitas vezes ficou ferido, contudo Jesus sempre o vinha consolar.
Os estigmas o acompanharam por 50 anos, passando por dores fortíssimas principalmente nas Santas Missas, na quaresma e na sexta-feira santa.

Que em cada confissão e em cada Eucaristia, nós possamos experimentar uma contrição profunda de nossas vidas e de nossos corações.

São Padre Pio, rogai por nós!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.