🙏rogai por nós!

A bênção de São Brás sobre a garganta

Você já ouviu falar da bênção da garganta atribuída a São Brás? São Brás foi médico, bispo e mártir. No dia 3 de fevereiro, a Igreja celebra a memória litúrgica deste grande homem, que foi bispo de Sebaste na Armênia no século IV. Criou-se a devoção para com este santo a partir das várias curas de males na garganta realizados por sua intercessão. A bênção acontece com duas velas, as quais são abençoadas na festa da Apresentação do Senhor.

A bênção é realizada com as velas cruzadas e encostadas na garganta do fiel e acompanhada da seguinte oração: “Por intercessão de São Brás, Bispo e Mártir, defenda-te Deus contra os males da garganta e contra qualquer outro mal, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”.

A bênção de São Brás sobre a garganta

Imagem ilustrativa.

Existe ainda a história de um milagre realizado por sua intercessão, em que um menino estava com uma espinha de peixe atravessada em sua garganta. Sua mãe, desesperada, jogou-se aos pés daquele bispo e pediu que socorresse o seu filho. São Brás rezou e fez o sinal da cruz sobre aquele menino que, milagrosamente, se levantou como se nada lhe tivesse acontecido.

O testemunho de São Brás

Sempre foi reconhecido pelos seus milagres, sua doçura e amabilidade; além do mais, por várias vezes, o santo foi levado ao suplício, porém, suportava-o tranquilamente. Algumas vezes, quase nada lhe acontecia. São Brás fora obrigado a adorar falsos ídolos, mas em nenhum momento deixou-se levar por tal blasfêmia. Pelo contrário, sempre foi um defensor do Nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. A insistência em professar a fé em Cristo deixava seus algozes irados, e cada vez eles aumentavam seus castigos. Por fim, quando foi condenado à decapitação, ele implorou a Deus com esta oração:

– Senhor, favorecei todos aqueles que me assistiram no combate que travei, bem como os que me implorarem o socorro depois que me levares para a Vossa glória.

Jesus, então, naquele último instante, apareceu-lhe. E, olhando-o docemente, prometeu:

– Ouvi tua súplica e te concedo tudo aquilo que a mim me pediste.

Com a sua morte, o culto a São Brás se espalha rapidamente pelo Oriente e no Ocidente. Várias curas são creditadas a sua intercessão, diversos males são curados por meio deste santo, principalmente os males da garganta. Conta ainda uma história que, durante o período em que São Brás estava preso, uma mulher o procurou, levando-lhe alimento e uma lamparina, para que espantasse a escuridão da cela. Comovido por tal lembrança da boa mulher, prometeu-lhe que, se todos os anos levasse uma vela à igreja, ela e todos os que a imitassem haviam de se achar sempre bem. Vem daí, naturalmente, a prática das velas de São Brás.

Leia mais:
.:Santo do Dia
.:Precisamos apresentar às crianças os heróis de verdade
.:Como aconteceu o processo de conversão de São Paulo?
.:Santos de uma vida regada pelo amor e misericórdia

Todos os anos, durante a comemoração da memória litúrgica deste santo, a Igreja, por tradição, impõe velas sobre a garganta daqueles que desejam receber a bênção e, por sua intercessão, buscam auxílio na cura dos males. Que também nós, que hoje celebramos a sua memória, possamos, pela sua intercessão, ser curados de nossos males corporais e espirituais.

Oração de São Brás

“Ó glorioso São Brás, que restituístes com uma breve oração a perfeita saúde a um menino, que, por uma espinha de peixe atravessada na garganta, estava prestes a expirar, obtende para nós todos a graça de experimentarmos a eficácia do vosso patrocínio em todos os males da garganta. Conservai a nossa garganta sã e perfeita, para que possamos falar corretamente e assim proclamar e cantar os louvores a Deus. Amém”.

São Brás, Rogai por nós!

Referências:

ROHRBACHER. Vida dos santos. São Paulo: Editora das Américas, 1959.

banner_espiritualidade


Fábio Nunes

Francisco Fábio Nunes
Natural de Fortaleza (CE), é missionário da Comunidade Canção Nova e candidato às Ordens Sacras. Licenciado em Filosofia pela Faculdade Canção Nova, Cachoeira Paulista (SP), Fábio Nunes é também Bacharelando em Teologia pela Canção Nova, Cachoeira Paulista (SP) . Atua no Departamento de Internet da Canção Nova, no Santuário do Pai das Misericórdias e nos Confessionários.

comentários