O que dizer da Festa do Halloween?

A Festa do Halloween vem ganhando um grande espaço em nossa cultura através de escolas primárias, escolas de inglês, TV, clubes, etc.

O que são as festas de Halloween?

O Halloween acontece na noite do dia 31 de Outubro que geralmente é celebrada com festas a fantasia, fogueiras e com crianças fantasiadas de monstros, fantasmas, bruxas, etc., saindo de casa em casa pedindo doces (brincadeira de ‘trick or treat’, ‘travessuras ou doces’).

O Halloween é uma festa muito comum nos EUA e Europa. A comemoração veio dos antigos Celtas , povo que habitava a Grã-Bretanha a mais de 2000 anos atrás. Os Celtas realizavam a colheita nessa época do ano e segundo um antigo ritual, acreditavam que os espíritos das pessoas mortas voltariam à Terra durante a noite, e queriam, entre outras coisas, se alimentar e assustar as pessoas. Com isso, os Celtas costumavam se vestir com máscaras assustadoras para afastar estes espíritos. Com o passar do tempo, os cristãos chegaram à Grã-Bretanha e converteram os Celtas. Com isso, a Igreja Católica transformou este ritual pagão, em uma festa religiosa. Ela passou a ser celebrada nesta mesma época e ao invés de honrar espíritos e forças ocultas, o povo recém catequizado, deveria honrar os santos, daí veio o “All Hallows Day”: o Dia de Todos os Santos.

Mas, a tradição entre estes povos continuou e além de celebrarem o Dia de Todos os Santos, eles celebravam também a noite da véspera do Dia de Todos os Santos com as máscaras assustadoras e com comida. A noite era chamada de ´All Hallows Evening´, abreviando-se, veio o Halloween. …

Fica claro que não tem sentido para os cristãos celebrarem uma festa pagã, nem mesmo de brincadeira com as crianças.

O Halloween hoje:
O Halloween tem outros aspectos negativos além de sua herança pagã arraigada na bruxaria e sua ênfase sobre o diabo e as trevas. Alguns vândalos estão mais interessados em brincadeiras de mau gosto do que em festas. Há vários casos de criminosos e loucos distribuindo balas envenenadas ou guloseimas contendo agulhas ou lâminas. É difícil se pensar numa virtude positiva nos festejos do Halloween. Seu simbolismo envolve demônios, fantasmas, morte, trevas, esqueletos, medo e terror.

Aqui está o significado de alguns símbolos do Halloween, mostrando mais uma vez o quanto uma brincadeira, ou uma atitude às vezes praticada sem nenhuma importância pode estar ferindo profundamente nossa fé, e mais, pode contribuir para o culto e prática de atos ligados ao inimigo de Deus.

Cabeças de Abóbora (‘Jack-o-lanterns’):

A lanterna feita com uma abóbora recortada em forma de ‘careta’, veio da lenda de um homem notório chamado Jack, a quem foi negada a entrada no céu, por sua maldade, e no inferno, por pregar peças no diabo. Condenado a perambular pela terra como espírito até o dia do juízo final, Jack colocou uma brasa brilhante num grande nabo oco, para iluminar-lhe o caminho através da noite. Este talismã (que virou abóbora) simbolizava uma alma condenada.

As máscaras e fantasias:

As máscaras têm sido um meio de supersticiosamente afastar espíritos maus ou mudar a personalidade do usuário e também de comunicação com o mundo dos espíritos.

Acreditava-se enganar e assustar os espíritos malignos, quando vestidos com máscaras. Também em outras culturas pessoas tem usado máscaras para assustar demônios que acreditavam trazer desastres como epidemias, secas, etc. Grupos envolvidos com magia negra e bruxaria também usam máscaras para ‘criar uma ligação’ com o mundo dos espíritos

A Palavra de Deus em Deuteronômio18, 9-14 nos instrui à respeito destas práticas, assim como em outras passagens. Somos cristãos, e aqui falo à você também que não é católico, mas que professa “Jesus o Senhor” de tudo e de todos. Não podemos ver todas estas coisas acontecendo e simplesmente cruzarmos os braços. Não podemos permitir que uma doutrina do Mal entre minando e contaminando nossa fé e nossa sociedade. A cada um de nós cabe dizer um NÃO.

Eu tenho 4 cunhadas, e muitos sobrinhos. A maioria deles estudavam na mesma escola. Nela aconteciam festa de Halloween, e os alunos precisariam fazer um trabalho sobre bruxos, magia negra, missa negra, enfim, cada grupo faria o trabalho sobre um assunto. Minhas cunhadas não concordaram. Foram falar com a diretoria da escola.

Outras mães aderiram e tiveram forças para dizer NÃO. Por causa disto a festa não mais aconteceu na escola, porque pessoas tiveram a coragem e a determinação de dizer um NÃO àquilo que fere a nossa fé e a nossa moral. O nosso SIM deve ser sempre à Deus e à sua Igreja. Se você já participou destas festas ou pratica algum ato dentro do ocultismo, busque já, hoje mesmo um sacerdote. Busque orientação da Igreja ou de pessoas que possam te encaminhar para uma oração; melhor ainda: busque confissão.

Aproxime-se dos sacramentos e da Igreja. A Casa de Deus está sempre aberta para te receber. Deus é o Senhor da Misericórdia e do Amor. Sempre é tempo de recomeçar…

Letícia Dias
Com. Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.