Halloween é uma festa pagã

Halloween é uma festa que se comemora as bruxas ou outros espíritos

O Halloween é uma festa muito comum nos EUA e Europa e é celebrada no dia 31 de outubro. A comemoração veio dos antigos celtas (povo que habitava a Grã-Bretanha há mais de 2000 anos). Eles realizavam a colheita nessa época do ano, e segundo um antigo ritual desse povo, os espíritos das pessoas mortas voltariam à terra durante a noite, pois queriam, entre outras coisas, se alimentar e assustar às pessoas.

Com isso, os celtas costumavam vestir máscaras assustadoras para afastar esses espíritos. Esse episódio era conhecido como “Samhaim”. Com o passar do tempo, os cristãos chegaram à Grã-Bretanha, e converteram esse povo [os celtas] ao Catolicismo. Com isso, a Igreja Católica transformou este ritual pagão em uma festa religiosa, que passou a ser celebrada nesta mesma época e, ao invés de honrar espíritos e forças ocultas, o povo recém- catequizado deveria honrar os santos, daí veio o “All Hallows Day”: o Dia de Todos os Santos.

Mas, a tradição entre esses povos continuou, e além de comemorarem O Dia de Todos os Santos, eles celebravam também a noite da véspera desse dia, com máscaras assustadoras e comida. Esta noite era conhecida como “All Hallows Evening”, a qual, ao ser abreviada com o passar do tempo, passou a chamar-se Halloween.

Vemos, dessa forma, que a tradição de se comemorar as bruxas ou outros espíritos não é cristã e deve ser evitada, ainda que tenha apenas uma conotação folclórica. Devemos, sim, celebrar o Dia de Todos os Santos.

.: Trecho do livro: Falsas doutrinas, seitas e religiões


Felipe Aquino

Professor Felipe Aquino é viuvo, pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova. Página do professor: www.cleofas.com.br Twitter: @pfelipeaquino

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.