confira

Dicas de documentários sobre maternidade e filhos

Oi, mamães! A tia Heda do Casulo está de volta! Como vocês estão? Dias desses, eu postei dicas de documentários na minha página do Instagram (@assessoria.casulo), e pensei que seria muito legal se trouxesse essas informações para vocês aqui no Formação Canção Nova!

Ser mãe é lindo, forte, potente e muito desafiador. Às vezes, também pode ser até um pouco solitário. Estamos carregando uma vida dentro de nós, mas como mulheres e seres humanos, também estamos lotadas de dúvidas, expectativas e vontade de ser a nossa melhor versão. Por isso, separei para recomendar para vocês dois documentários que, além de nos mostrar como não estamos sozinhas, também mostra a potência de poder educar um ser humano responsável, curioso, com valores, e que pode impactar de maneira positiva o mundo em que vivemos.

Dicas de documentários sobre maternidade e filhos

Foto ilustrativa: SeventyFour by Getty Images

Confira as dicas de documentários!

A primeira indicação se chama “O Começo da Vida”, um documentário da produtora Maria Farinha Filmes em parceria com a Unicef (braço da Organização das Nações Unidas para a educação de crianças) e outras fundações. Ele é separado em temas que são: o bebê; os pais; livre para aprender; infância negada; criando juntos; e o último, o surgimento do eu.

Esse documentário tem como cenário os quatro cantos do mundo e traz uma análise profunda e apaixonada dos primeiros 1.000 (mil) dias de um recém-nascido (tempo considerado crucial para o desenvolvimento de uma criança após nascer). É realmente incrível, não acham? E enquanto eu pesquisava para trazer esse tema para vocês, fiquei sabendo que lançaram, em 12 de novembro de 2020, a segunda parte dele. Tudo pode ser acessado no link: https://ocomecodavida.com.br/

Já a segunda indicação trata-se de um documentário brasileiro que eu fiz questão de mostrar para as minhas duas filhas meninas. É o “Renascimento do Parto”. Com mulheres reais como nós e profissionais como nós, esse filme traz uma narrativa muito importante que questiona, em alguns casos (é claro), a prática obstétrica da cesariana.

A cirurgia, que traz muitos bebês ao mundo, é tida como uma alternativa para condições adversas na hora do parto. Seja um encaixe, seja uma demora para o bebê querer sair… E justamente nesse filme, ele traz o protagonismo da mulher na hora do nascimento do seu filho e como tantas outras mulheres, até no mesmo país que a gente, também sentem os mesmos medos e angústias. É lindo! Ele também conta com a participação da modelo brasileira Gisele Bündchen.

Leia mais:
.:5 coisas que aprendi sendo mãe de dois
.:Técnicas de respiração para o trabalho de parto
.:Gestação e saúde emocional: como lidar?
.:Depressão pós-parto: o que é e quais os cuidados?

E vocês, já assistiram algum desses documentários? Qual será o primeiro escolhido?

Espero que vocês tenham gostado! Beijos!


Heda Cristina Bilard

Graduada em Enfermagem pela UNIFATEA, Heda Carvalho tem especialização em Saúde Publica pela UNITAU, Obstetrícia pela UNIVAP e Administração Hospitalar pela Universidade São Camilo, áreas na qual possui vasta experiência de 10 anos. Ela trabalhou como Coordenadora na Saúde Pública de Guaratinguetá, foi Gerente de Enfermagem na Santa Casa de Lorena e Aparecida. Atualmente, é fundadora da assessoria para mães e bebês “CASULO”, sendo especialista em Educação Perinatal, Shantala, Laserterapia, Aromaterapia e Doulagem.

comentários